Alavanque os seus estudos!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Depoimento do Aprovado: Guilherme Rangel Ercolani, 2º lugar no TRT 15ª Região AJAJ


Olá “concurseiros”!

Meu nome é Guilherme Rangel Ercolani, fui aprovado em 2º lugar no TRT 15ª Região para Analista Judiciário – Área Judiciária (no polo de Sorocaba). Por coincidência, no concurso anterior desse mesmo Tribunal, realizado no fim de 2013, fui aprovado no cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa, em 1º lugar.

Inclusive, segue o link do meu depoimento aqui no site sobre a minha trajetória até a aprovação naquele ano. Tem várias dicas interessantes e mais detalhadas: (http://www.blogconcurseiradedicada.com/2014/03/depoimento-do-aprovado-guilherme.html).

Pois bem. Antes de compartilhar algumas novas dicas, acho interessante contar um pouco como consegui a tão sonhada aprovação. 


Fui nomeado para Técnico Judiciário no início de 2015 e mantive o ritmo de estudos pensando no cargo de Analista Judiciário. Naquele mesmo ano, fiz 3 concursos em sequência (MG, RS e PR – respectivamente) e fiquei entre a colocação 300-500 em todos eles. Entrei em todos os “cortes” para correção das discursivas, mas pequei nessa parte das provas, o que impossibilitou qualquer esperança de nomeação.

Já em 2016, passei a exercer a função de assistente de juiz, o que tirou o meu foco dos concursos de Tribunais, diante da complexidade e do intenso fluxo de trabalho, mas retomei os estudos no 2º semestre de 2017. Logo no início dessa nova preparação, fiz a prova do TRT 24ª Região (MS) e sequer entrei no “corte” para correção da discursiva (fiquei na 421ª posição).

Nesse momento, senti que de fato precisava renovar a minha rotina de estudos, já que é difícil conciliá-la com o trabalho. Então estabeleci alguns procedimentos:

- Estabelecimento de metas diárias e semanais de estudos;

- Estudo em base de editais anteriores;

- Esgotamento de cada matéria individualmente antes de passar para outra;

- Média de estudos de 3 a 4h por dia, inclusive em fins de semana e feriados;

- Aprofundamento das matérias com doutrinas e compra de cursos específicos (matérias isoladas);

- Realização de todos exercícios das matérias dos últimos 4 anos (via sites de questões);

- Confecção de material no Word ou em caderno próprio, conciliando materiais de cursinhos, anotações de livros e trechos de questões das bancas;

Mas como fiz isso mesmo trabalhando? Basicamente acordava bem cedo, praticava exercícios físicos diários e estudava antes de trabalhar; após o término da jornada, voltava a estudar. Nos fins de semana aproveitava para compensar algumas metas não cumpridas, que eram rigorosas. Em síntese, aproveitava todos os tempos livres do meu dia.

Acabei realizando 5 concursos em sequência, sem descanso. No fim de 2017 o de SC (64º) e em 2018 o do TST (146º), o de PE (42º), o de SP (212º) e, por fim, o de Campinas (2º). Com o aprofundamento das matérias e com a experiência adquirida sendo assistente, a parte discursiva acabou sendo o diferencial, já que tive excelentes notas em todos os demais concursos que fiz.

Antes de fazer os concursos do Estado de São Paulo, não posso deixar de mencionar que estava ainda um pouco receoso de parar de estudar, pois as nomeações estão cada vez mais restritas, diante da crise financeira, então estabeleci que faria o meu melhor nesses 2 últimos concursos e depois deixaria de fazer provas do TRT; partiria para os concursos da magistratura federal do trabalho.

Por fim, consegui emplacar, finalmente, uma ótima colocação, que assegura uma futura nomeação no cargo sonhado de Analista Judiciário. Agora, meu objetivo é a Magistratura Trabalhista, que é meu maior sonho profissional (uma nova e longa jornada – provavelmente).

Em resumo, o recado que posso passar a todos que estão iniciando ou estão durante esse processo é que há sempre altos e baixos durante o percurso. Possivelmente vocês irão obter mais derrotas do que vitórias, mas as pequenas conquistas vão mantê-los focados em atingir seus objetivos.

Sempre considerei que a minha maior virtude é a persistência; foi isso que me fez conquistar todos os objetivos que almejei. E esse é o meu maior conselho, persista! Existem diversos métodos de estudos, cursos, livros e materiais para concursos; só você saberá qual se ajusta melhor com seu estilo e com seu tempo disponível. Façam os seus próprios resumos, com base em questões e demais materiais a seu alcance e não deixem de realizar muitas questões da banca que fará o certame.

Além disso, não deixem de ter momentos de lazer, seja praticando de esportes seja em saídas com os amigos ou realização de viagens. A privação de tudo pode te deixar frustrado, além de ainda mais ansioso e inseguro.

Não basta a dedicação, é necessário reconhecer os seus limites físicos e mentais. Inclusive, a soma de fatores físicos e mentais é que fará a diferença na hora da realização da prova. Considero um dos meus maiores erros o de estudar freneticamente até o dia da prova. Obtive melhores resultados quando desacelerei um pouco na proximidade dos certames.

O meu recado final é para que nunca deixem que um mal resultado abale sua vontade de vencer e alcançar seu objetivo. Não importa quanto tempo demorará, afinal, cada um tem seu tempo. O que importa é aprendermos com nossos erros e seguirmos em frente. Não se pode crer em obter resultados melhores procedendo da mesma forma sempre.

Reinvente-se e acredite em seu potencial. Busque forças em seus familiares e amigos mais próximos e nunca deixe de sonhar e, claro, de fazer a sua parte. Estude e tenha sucesso...a nomeação virá.

-> Se você já foi aprovado em algum concurso e gostaria de dar o seu depoimento, e só enviar email para: dedicadaconcurseira@gmail.com
 



Um comentário:

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis