Desafio

sexta-feira, 14 de julho de 2017

TJPE lança edital do concurso com 109 vagas para Técnico e Analista



O Tribunal de Justiça de Pernambuco acaba de divulgar o edital de abertura de seu novo concurso público para 2017 (edital TJ-PE). São 109 vagas imediatas, mais formação de cadastro reserva, em funções de nível médio, técnico e superior para atuação como Técnico Judiciário e Analista Judiciário. Do total de vagas que vierem a surgir, 20% serão reservadas a candidatos negros e 5% a pessoas com deficiência.
Candidatos de escolaridade média ou técnica podem disputar 57 vagas como Técnico Judiciário na área Judiciária, duas para a área de Suporte Técnico, uma para a área de Programação de Computador e formação de cadastro reserva para a área Administrativa. Os cargos têm salário inicial de R$ 4.222,45.

Já para graduados, as oportunidades estão nas funções de Analista Judiciário, com oferta de 38 vagas para a área Judiciária, 10 para a área de Contabilidade, uma para a área de Pedagogia e composição de cadastro reserva para as áreas Administrativa, de Assistência Social, de Psicologia, de Análise de Suporte, Análise de Sistemas e para Oficial de Justiça. As funções têm vencimentos iniciais de R$ 5.502,12.

Além do vencimento, os servidores do TJ-PE têm direito a auxílio-alimentação de R$ 805,14 e auxílio transporte de R$ 123,20. Para a função de Oficial de Justiça está previsto auxílio-transporte de R$ 1.515,00 e adicional de risco de vida de R$ 541,51.


As inscrições serão realizadas no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) - www.ibfc.org.br - no período entre 24 de julho e 24 de agosto. As taxas de participação são de R$ 55,00 para a disputa como Técnico e de R$ 63,00 para tentar as vagas de Analista, com isenção prevista para candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Todos os inscritos passarão por etapas de provas objetiva e discursiva. As provas ocorrerão no dia 15 de outubro, nas cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Carpina, Limoeiro, Caruaru, Arcoverde, Serra Talhada, Salgueiro, Araripina e Petrolina.

Na prova objetiva, serão 25 questões de Conhecimentos Gerais com conteúdos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Legislação e outras 25 de Conhecimentos Específicos da função. As provas serão avaliadas na escala de zero a 50, com aprovação para os candidatos que obtiverem pelo menos 50% de acertos. Veja o peso por questão em cada área exigida:



Já a prova discursiva será uma redação para Oficial de Justiça, Analista das áreas Judiciária e Administrativa e Técnico das áreas Judiciária e Administrativa; uma questão discursiva para as funções de Técnico na área de Programador de Computador e Suporte Técnico, Analista de Sistemas e Analista de Suporte; e uma questão de estudo de caso para Analista nas áreas de Assistente Social, Pedagogo, Psicólogo e Contador. Somente serão corrigidas as redações dos candidatos aprovados e classificados dentro previsto pelo edital.

Para fins de convocação, a validade do concurso será de dois anos a partir de sua homologação de resultado, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Fonte: acheconcursos.com.br

Precisando de ajuda para organizar seus estudos? 
Como o Aprimora Coaching pode te ajudar? 
- Organização; 
- Planejamento; 
- Cumprimento de metas; 
- Fixação de cronograma completo com teoria, revisão, questões; 
- Motivação; 
- Autoconhecimento; 
- Controle da Ansiedade. 


Informações: contato@aprimoracoaching.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis