Coaching para Concursos e OAB

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Homologada escolha da organizadora do concurso do TRF-RJ/ES!

Avanço importante no aguardado concurso TRF 2016, no Rio de Janeiro e Espírito Santo. A assessoria do tribunal informou à reportagem da FOLHA DIRIGIDA, na tarde desta quinta (29), que já foi assinada a homologação da organizadora responsável pela seleção, a Consulplan, vencedora do pregão eletrônico há pouco mais de 20 dias. O anúncio dá o gás que faltava aos interessados para que acelerem os estudos.

A previsão é de que a publicação oficial dessa homologação, já disponível para visualização prévia no site compras.net (veja imagem ao lado), ocorra nesta sexta, 30, ou no máximo no início da próxima semana, no Diário Eletrônico da Justiça. Logo depois, haverá a assinatura do contrato formal entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região e a instituição escolhida. A novidade reforça a previsão do presidente da comissão do concurso, juiz Carlos Guilherme Lugones, de que o edital de abertura será mesmo publicado em outubro. O documento chegou a ser aguardado para setembro mas, com seu pequeno atraso, estima-se que a data de realização das provas deverá ser afetada. É possível que a aplicação das avaliações ocorra no ano que vem, no início de 2017, já que respeitará o intervalo de 60 dias entre a publicação do edital e o primeiro exame.

Para que essas provas aconteçam ainda este ano, o tribunal precisaria lançar o concurso até 18 de outubro. Isso porque o último domingo de dezembro (60 dias após o edital) com possibilidade de aplicação das avaliações é o do dia 18 (o do dia 25, por ser Natal, não poderá ser reservado para as provas). Entretanto, como fontes ligadas ao TRF consideram remota a possibilidade de provas em dezembro, os exames deverão ficar para janeiro de 2017. Os milhares de interessados enxergam o atraso do edital e das provas de forma positiva, já que terão mais tempo de estudo.


O concurso do TRF é muito aguardado e tem a perspectiva de atrair cerca de 100 mil inscritos. Ele visará à formação de cadastro de reserva, que será utilizado durante o prazo de validade, de eventuais dois anos, podendo dobrar. Os cargos são técnicos e analistas judiciários, com ganhos de R$7.111 e R$11.063, respectivamente, a partir de novembro. Merece destaque a função de técnico sem especialidade, que exige apenas o nível médio. O analista administrativo sem especialidade, destinado a graduados em qualquer área, também é bastante procurado.

Saiba o que estudar

Os candidatos a técnico, de nível médio, serão avaliados por meio de prova objetiva, com 40 questões. Serão dez de Conhecimentos Gerais (Português, Raciocínio Lógico Matemático e Noções de Sustentabilidade) e 30 de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Civil, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Direito Tributário e Noções de Direito Previdenciário).

Esses candidatos também farão uma redação. Tendo em vista o número de matérias e a alta concorrência esperada, os milhares de interessados precisam intensificar a preparação para o concurso, já confirmado pelo órgão. Como as disciplinas foram divulgadas de forma antecipada, o nível da disputa será alto.

Muitos aprovados durante o prazo de validade do concurso

O projeto básico do concurso do TRF estima que até 2.990 aprovados figurarão na lista de classificados, podendo ser contratados durante o prazo de validade da seleção, de até quatro anos. Desse quantitativo, segundo o documento, 1.350 estarão na lista para o cargo de técnico administrativo, de nível médio. No caso do analista judiciário, para graduados em qualquer área, a previsão é de que 1.460 candidatos sejam classificados e possam ser admitidos. O que endossa a necessidade de utilização desse cadastro de reserva é a grande necessidade de pessoal, apontada pelo Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no Estado do Rio de Janeiro (Sisejufe), além das aposentadorias. Segundo o Sisejufe, cerca de 20 servidores se aposentam mensalmente. Hoje, porém, essas saídas não estão sendo supridas, já que não há um concurso válido.

A tradição do TRF de chamar bastante aprovados também anima quem está estudando. No último concurso, em 2011, foram 1.302 chamadas, sendo 658 para o técnico, de nível médio, cargo que costuma ter o maior número de convocações. As contratações dos aprovados nessa nova seleção estão previstas para ocorrer ao longo de 2017. Os selecionados serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia, e terão acesso a vários benefícios. São eles auxílio-transporte, variável de acordo com a localidade, reembolso parcial e proporcional de creche e participação na assistência médico-hospitalar (titular e dependentes).


 

 Precisando de ajuda para organizar seus estudos? 
Como o Aprimora Coaching pode te ajudar? 
- Organização; 
- Planejamento; 
- Cumprimento de metas; 
- Fixação de cronograma completo com teoria, revisão, questões; 
- Motivação; 
- Autoconhecimento; 
- Controle da Ansiedade. 

                                                      Informações: contato@aprimoracoaching.com.br






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis