Coaching para Concursos e OAB

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

DPU: Defensoria já vai retomar concurso. 2º e 3º graus

A Defensoria Pública da União (DPU) e o Cespe/UnB estão prestes a anunciar o novo cronograma do concurso da área de apoio, com oferta inicial de 143 vagas em cargos dos níveis médio e superior, que estava suspenso desde de 8 de maio. Segundo a DPU, integrantes das duas instituições já se reúnem para adequar as novas datas da concorrência, visando a uma rápida retomada da seleção, tendo em vista a vitória judicial na Justiça Federal do Distrito Federal, deferida no último dia 7. 

De acordo com o veredito, as 393 vagas do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) retiradas do órgão (143 do concurso), pelo Ministério do Planejamento (MPOG), viola a norma constitucional, que garante o direito prestacional à assistência jurídica integral e gratuita. No entanto, no entendimento do MPOG, com a conquista da autonomia, em 2013, a DPU deveria fazer concurso com suas próprias vagas e não com as do PGPE, o que se torna impossível pelo fato da criação dos cargos depender da aprovação do Congresso Nacional. Procurado pela FOLHA DIRIGIDA, o MPOG disse que ainda estuda a possibilidade de recorrer da decisão.


O concurso da DPU oferece 143 vagas imediatas visando prover suas 56 unidades em todo o país, sendo 105 para agente administrativo, cargo de nível médio, com remuneração de R$3.817,98; e 38 para funções de nível superior, com rendimentos de R$5.266,18, exceto para economista, cujos ganhos são de R$6.348,27. No nível superior, o destaque é a função de analista técnico-administrativo, destinada a graduados em qualquer curso. Há chances também para arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e em Comunicação Social (Jornalismo). 

A expectativa é de que muitos aprovados sejam convocados do cadastro de reserva durante a validade, como ocorreu no último concurso, em 2010, quando foram oferecidas 311 vagas e 954 habilitados foram chamados a assumir os cargos. A informação é endossada pelos dados do Sindicado Nacional dos Servidores da Defensoria Pública da União (Sindserdp), que apontam carência de cerca de 5 mil servidores no órgão. 

O concurso foi suspenso no dia 8 de maio, quando ainda faltavam três dias para o fim do prazo de inscrições. O Cespe/UnB não informou o quantitativo de inscritos até aquele momento, mas os interessados puderam se cadastrar pelo site do organizador e em postos presenciais, elencados no item 6.3.1 do edital. As taxas de inscrições cobradas são de R$70 para agente administrativo e R$100 para as funções de nível superior.

Provas - As datas das provas objetivas deverão ser divulgadas nos próximos dias pelo Cespe/UnB. De acordo com o edital, os candidatos a agente terão de responder, em três horas e meia, a 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. Para as funções de nível superior, serão quatro horas e meia para concluir 150 questões, 70 de Conhecimentos Básicos e 80 de Específicos.

Fonte: Folha Dirigida


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis