Coaching para Concursos e OAB

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Depoimento do Aprovado: Thaís Lopes (Analista judiciário- área judiciária do TRT/18 - GO)

Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados??
A Concurseira Dedicada faz por você!!

A entrevistada de hoje é 
Thaís Lopes Analista judiciário- área judiciária do TRT 18 (GO).

1- Nome: 
Thaís Lopes Machado

2- Área de formação: 
Ciências jurídicas e sociais


3- Cargo em que foi aprovado: 
Analista judiciário- área judiciária do TRT 18 (GO)


4- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso? 
Sim, prestei diversos Trt´s no ano de 2012, 2013 e o TRT 2 em 2014, além de outros concursos estaduais no Rio Grande do Sul, meu Estado.

5- Quanto tempo demorou a ser nomeado? 
02 anos

6- O que sentiu ao saber da aprovação?
Uma sensação maravilhosa, de que valeu à pena. Lembro-me que chorava abraçada na minha mãe e irmã logo que vi a lista da Fundação Carlos Chaga com o nome dos aprovados.

7- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo? 
Sim, continuo estudando para o concurso da Magistratura do Trabalho. 

8- Há quanto tempo estudava para concursos? Tem certeza que querem saber?? 
Foram longos 5 anos, mas no começo eu estudava muito errado, me sabotava, então considerando o tempo em que eu comecei a estudar certo até passar foi 1 ano e meio, mas depois esperei mais 2 anos pela nomeação.

9- Quantas horas por dia dedicava aos estudos? 
Eu passava o dia em função dos estudos, mas eu praticava exercício físico (Gente, pratiquem atividade física, faz toda a diferença, oxigena o cérebro, traz bem estar e disposição para enfrentar as longas horas de estudo), olha, a média era de umas 7, 8 horas de estudo dia, mas líquidas mesmo (aquele tempo de concentração) ficava em umas 5hs, não adianta, somos seres humanos, impossível fica tanto tempo estudando sem desligar por alguns momentos.

10- Tinha dedicação exclusiva? 
Sim, total.

11- Fez planejamento de estudos? 
Sim, eu estudava com meu namorado via Skype, então nos cobrávamos muito. Fazíamos um cronograma de estudos e tentávamos segui-lo.

12- Estudava quantas matérias por dia? 
Normalmente duas. Uma pela manha e outra a tarde, até para dar uma variada e não ficar maçante o estudos de cada matéria.

13- Fez cursinho? Online ou Presencial? 
Fiz vários cursinhos presenciais (mais no inicio da minha trajetória) e depois por diversos cursos on line. Na verdade a aprovação vem de um acúmulo de anos de estudo, então todos esses cursos realizados contribuíram de alguma forma para a minha aprovação.

14- Fazia turma intensiva ou regular? 
Já fiz os dois, tanto intensiva quanto regular. 

15- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você? 
Eu estudava por lei seca, questões e resumos, tipo fichas pequenas, aquelas que encontramos em livrarias. Mas eu só anotava nas fichas os pontos que eu encontrava mais dificuldade e todos os dias eu revisada alguma das matérias da ficha.

16- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação? 
Lidar com a pressão e o meu estado psicológico. Muitas vezes tive vontade de desistir, pois estudamos muito, os anos passam e os resultados “aparentemente” parece que não vêm... Mas gente, o resultado vem, ele chega, quando menos se espera e a alegria, a realização que sentimos é inexplicável e vale todo o esforço. É clichê, mas é uma verdade: a fila anda, uma hora o próximo serás tu.

17- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos? 
Como disse logo acima, sim, muito, mas lembrar dos colegas que alcançarem êxito e do sonho que sempre tive me fazia perceber que não tinha outra saída ou eu continuava ou seria uma pessoa frustrada, infeliz na profissão. Era continuar e continuar. Também sempre tive muita fé em Deus, sabia que se esse não fosse o caminho a ser seguido a minha vida tomaria outro rumo de uma forma tão clara que eu teria certeza de que não estava indo ao encontro da minha realização profissional.

18- Chegou a pensar em desistir? 
Muitas vezes

19- Tinha o apoio de sua família e amigos? 
SIM, minha mae e irmã (meu pai faleceu em 2011) sempre me apoiaram muito, meu namorado nem se fala, já que ele era concurseiro como eu. Alguns familiares como tias e primos, não compreendiam muito e as vezes até diziam (não por mal) para eu advogar ou tentar algo, achavam que eu não conseguiria devido à disputa acirrada dos concursos atuais. Mas ,sempre tive a certeza de que era o que me faria feliz, então, diminui a frequência nas festas de família e foi bom para que eu não desanimasse por um certo período.

20- Costumava sair aos finais de semana? 
Sim, passeios leves, nada de baladas (rsrsrs)

21- Praticava exercícios físicos? 
Sim, amo correr

22- Usava as redes sociais no período pós edital? 
Com toda a certeza, mas de uma forma disciplinada, no período de estudos no dia eu evitava. Normalmente à noite eu dava uma checada para ver as notícias e novidades.

23- O que costumava fazer no dia anterior à prova? 
Como eram viagens, normalmente eu encontrava as (os) amigas (os) concurseiras (as) dos outros Estados na cidade da prova, mas a noitinha eu sempre pegava as fichas e dava uma lida, mas tudo bem de leve.

24- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação? 
Na verdade se eu pudesse ter acertado de início a maneira correta de estudar eu voltaria no tempo sim, mas esse tempo foi o de Deus ele sabe o que faz.

25- Deixe um recado aos concurseiros:
Pessoal, quero dizer-lhes que se é o que desejam, se é o que trará a realização profissional de vocês isso basta para que sigam, persistam, porque é lindo, é gratificante fazer parte do serviço público, colaborar de uma certa forma com o Judiciário do nosso País. Não liguem para o que os outros dizem, por mais que as vezes seja difícil, pois as pessoas não sabem nada da tua vida e falar é fácil demais. Saibas tu o que queres para ti, os outros são apenas os outros. Estudem, foquem, façam a leitura da lei seca aliada à resolução de muitassss, mas muitas questões... esse método é quase que infalível. E tenham a certeza de que a aprovação chega e é bom demais. 

Boa sorte e tenham sempre a FÉ de que os próximos serão vocês!!

Quer participar da coluna depoimento do aprovado? Deixe nos comentários seu e-mail e cargo em que foi aprovado que entrarei em contato via e-mail! ;) 



2 comentários:

  1. Nossaaaaa! Muito bom o depoimento, obrigada pela força, pois só quem passou por isso sabe o quanto é árduo o nosso longo caminho de concurseiro. :) Andrea.

    ResponderExcluir
  2. Parabéééns Thaís! É com muita alegria que eu vejo mais essa guerreira sendo recompensada pelo esforço despedido. Muito feliz por ti! abraços!! Daniel, POA/RS

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis