Coaching para Concursos e OAB

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Cinco ministérios aguardam aval para abrir 4.912 vagas

Os ministérios das Comunicações (MiniCom), do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDSC), da Fazenda (MF), das Relações Exteriores (MRE) e do Trabalho e Emprego (MTE) estão com solicitações para realização de concursos, desde 2014, em trâmite no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

Juntos, os órgãos poderão selecionar 4.912 servidores em cargos de níveis médio e superior. E a boa notícia é que a liberação desses certames está cada vez mais próxima, visto que a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2015 já foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff e agora só falta a divulgação do contingenciamento orçamentário, previsto para este mês, para que o MPOG comece a autorizar concursos federais.

Vagas e remunerações
Do total de postos que deverão ser abertos pelos ministérios, 3.500 são para o Ministério da Fazenda, que pretende realizar concurso para contratar 3.000 assistentes técnicos (salário de R$ 3.671,82) e 500 analistas (R$ 4.884,02), cargos que exigem níveis médio e superior, respectivamente.

O segundo que contará com mais oportunidades é o Ministério do Trabalho e Emprego. O pedido do órgão ao MPOG é para 847 vagas para o posto de auditor fiscal do trabalho, que requer nível superior e apresenta remuneração de R$ 16.116,64.

Com 378 ofertas à espera de autorização, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome pretende selecionar profissionais de níveis médio e superior. Porém, o órgão não informou para quais carreiras serão abertas as oportunidades, mas indicou que todas serão para lotação em Brasília (DF).

O Ministério das Comunicações, por sua vez, está na expectativa para a criação de 187 vagas voltadas para profissionais formados nos níveis médio e superior, com salários de R$ 2.818,72 a R$ 4.278,55. As vagas também serão para trabalhar em Brasília (DF).

Já o Ministério das Relações Exteriores espera abrir o seu concurso anual para diplomatas do Instituto Rio Branco (IRBr). A banca do certame já foi até escolhida: Cespe/UnB. O salário inicial do cargo, que exige graduação, é de R$ 15.005,26. O número de vagas, no entanto, não foi informado (em 2014, foram abertas 18 oportunidades).

Fonte: JC Concursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis