Coaching para Concursos e OAB

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Depoimento do Aprovado: Camila Silva (Advogada da Petrobras)


Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados??
A Concurseira Dedicada faz por você!!

A entrevistada de hoje é
Camila Silva, advogada da Petrobras.

1- Nome
Camila Silva

2- Área de formação

Direito

3- Cargo em que foi aprovado
Advogada da Petrobras (concurso 2012 - 10º lugar)

4- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso?
Sim. Advogada da CEF e Advogado INB. Depois, ainda fui aprovada para advogada do BNDES. Mas todos esses para Cadastro de Reserva. Também foram várias reprovações e várias batidas na trave.

5- Quanto tempo demorou a ser nomeado?
O meu concurso da Petrobras foi um pouco atípico. Mesmo estando bem colocada e no número de vagas, demoraram quase 1 ano para chamar todos os aprovados nas vagas (eram 20). Assim, fomos chamados faltando poucos meses para o fim da validade do concurso. E isso foi para todos os cargos de nível superior. Foi um período muito difícil, porque, mesmo estando no número de vagas, eu fiquei meio perdida e não tinha mais ânimo para continuar estudando.

6- O que sentiu ao saber da aprovação?
Felicidade e alívio.

7- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo?
Não.

8- Há quanto tempo estudava para concursos?
Quando eu fui aprovada, eu tinha quase dois anos de estudo.

9 - Quantas horas por dia dedicava aos estudos?
Eu computava as horas líquidas de estudo, o que variava entre 6 e 9 horas por dia. Final de semana, eu só estudava sábado e, geralmente, umas 4 horas só. Quando eu estudava domingo, era bem pouco. Eu tentava fazer mais de 40 horas líquidas semanais.

9- Tinha dedicação exclusiva?
Sim, tive essa oportunidade. Contudo, ter bastante tempo, requer muita disciplina. No início, foi difícil engrenar nos estudos. Até que comecei a frequentar uma biblioteca perto da minha casa e fiz amizades com concurseiros que também estudavam lá. Praticamente todos passaram, hoje em dia. Aprendi a contar as horas líquidas com eles. Isso era uma forma de eu não me sabotar e de eu aproveitar o tempo que eu tinha.

10- Fez planejamento de estudos?
Sim. Acho planejamento fundamental. Foco e disciplina são importantíssimos. E um bom planejamento ajuda muito. Com o tempo, aprendi a importância de fazer um estudo mais objetivo, incluindo revisão e exercícios sempre.

11- Estudava quantas matérias por dia? 2, no máximo, 3, (mas só quando eu conseguia fazer 3 turnos de estudo). Eu intercalava uma matéria que eu gostava mais, com uma que eu gostava menos. Uma que eu era mais forte, com uma que eu era mais fraca. Eu estudava por ciclos e tentava ver um pouco de tudo ao longo da semana. Mas eu colocava as matérias que tinham mais peso no edital para ver mais vezes no ciclo.

12- Fez cursinho? Online ou Presencial?
Sim. No início, eu fiz uma turma presencial ao sábado. Eu só queria um direcionamento, porque eu achava que rendia mais sozinha. Cheguei a fazer alguns módulos também, para as matérias em que eu achava que não tinha tido uma boa base na faculdade.

13- Fazia turma intensiva ou regular?
Fiz uma regular aos sábados e cheguei a comprar intensiva online.

14- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você?
Sim. Eu sempre gostei de fazer resumos e esquemas. Apesar de demorado, para mim, funciona muito, já que eu tenho memória visual.

15- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação?
Lidar com a ansiedade e a incerteza de não saber quando a aprovação virá.

16- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos?
Sim, é normal, principalmente, depois de um resultado ruim, ou de bater na trave. Quando isso acontecia, eu tirava uns dois dias de descanso e voltava a estudar em seguida.

17- Chegou a pensar em desistir?
Não.

18- Tinha o apoio de sua família e amigos?
Meus pais, irmão, e meu marido (então, namorado) me apoiavam demais e sou muito grata a eles.

19- Costumava sair aos finais de semana?
Sim, moderadamente. Saía para programas tranquilos, geralmente sexta e sábado à noite. Domingo eu gostava de descansar.

20- Praticava exercícios físicos?

Sim. Como eu tinha tempo para me dedicar exclusivamente aos estudos, eu não abandonei os exercícios. Fazia 5 x na semana, 1 hora por dia.

21- Usava as redes sociais no período pós edital?
Sim. Eu lia o correioweb e cheguei a usar o twitter também. Mas tem que tomar cuidado para não se distrair demais.

22- O que costumava fazer no dia anterior à prova?

Eu estudava um pouco. Gostava de ler meus resumos e esquemas. Mas eu tentava descansar também.

23- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação?
Eu me arrependo de não ter estudado específico e sério para algumas provas que surgiram no início da minha preparação. Eu não queria fugir do meu planejamento e achava que ainda não estava preparada. Mas acho que valia a pena ter estudado mais focada, mesmo que isso desviasse o meu planejamento, por alguns meses.

24- Deixe um recado aos concurseiros
Se você estuda com foco, disciplina e dedicação, a aprovação é certa. O importante também não é quantas horas você estuda, mas a qualidade do seu estudo. Estude a banca do seu concurso. Refaça as provas anteriores, muitas e muitas vezes. Equilibre o estudo de doutrina (eu era adepta dos livros voltados para concurso), jurisprudência, lei, exercícios e revisão. Estipule metas semanais e cumpra-as, mas tem que ser metas factíveis. Isso vai te dar ânimo para continuar. E não se sabote. Acredite em você mesmo. Estudar não pode ser encarado como um sacrifício. Tente tornar o estudo algo prazeroso. Foque no processo. Vibre a cada vitória e com a sua evolução. É preciso ter um foco, escolher uma área. Mas, não deixe de aproveitar as oportunidades. A aprovação será consequência. E às vezes a aprovação chega não para o concurso que você tanto almejava, mas, para outro que pode até ser melhor para você. Dizem que às vezes é o concurso que te escolhe e isso é verdade. Algo melhor para sua vida, surge e só depois de um tempo você se da conta disso. Sua vida é muito mais do que o estudo para concursos. Encare isso somente como uma etapa. E pode ter certeza: no fim, todo o esforço é recompensado.

2 comentários:

  1. Gostaria de saber se a Camila Silva teve experiência como advogada antes de passar para a Petrobras e se isso é requisito. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Não há pré-requisito de prática jurídica.
      abs e bons estudos!

      Excluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis