Coaching para Concursos e OAB

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Prepare-se para ser aprovado!

Olá! Feliz Ano Novo! Se você está aqui é porque deve ter interesse em ser aprovado em concurso público. Se possível, ainda neste ano. Eu não posso garantir o tempo que isso levará, mas podemos começar o ano transformando o seu desejo num projeto concreto e já iniciar os primeiros passos.

É importante começar de forma consciente, a fim de evitar frustrações. Por isso, ressalto que é um projeto de médio e longo prazo, ou seja, o sucesso dificilmente chegará em poucos meses. Por outro lado, quando a aprovação vier, você terá conquistado um patamar financeiro confortável para poder cuidar de outros aspectos da sua vida, sejam eles seguir nos estudos, constituir família, dedicar-se a um hobby especial ou o que quer que esteja nos seus planos.

Para que um grande projeto possa ser executado, é interessante transformá-lo em metas, e cumprir cada uma das etapas do caminho até o objetivo final. Veja a seguir os 5 passos principais para o projeto concurso público.

1 – Escolher a área/tipo de concurso
O tempo entre o edital e prova é curto (dois meses, aproximadamente) e fica muito difícil estudar todas as matérias somente durante esse período. Por isso, muita gente tem dificuldade em ser aprovada.

A solução é, antes de tudo, definir o tipo de concurso que pretende prestar, porque ficar “atirando para todos os lados” é uma boa forma de não ser aprovado. Para cada área de concurso é cobrado um grupo determinado de matérias básicas e que podem ser estudadas com antecedência, antes de qualquer edital. Mas essas disciplinas variam conforme a área, daí a necessidade de optar por um estilo de concurso e seguir nele.

Desta forma, é possível você já ter algo em torno de 80% do conteúdo sedimentado quando sair o certame do seu interesse. Quando o edital for publicado, bastará revisar os conteúdos já vistos, com os ajustes necessários, e estudar as matérias específicas daquele concurso – em geral, legislação específica e mais uma ou duas disciplinas.

Para escolher o tipo de concurso, há diversos fatores a serem considerados, além do salário, e o principal deles é a atividade que será exercida. Aquele será o seu trabalho pelo resto da vida, portanto, é preciso ter alguma afinidade. Também cabe observar se o concurso oferece vagas para a sua região ou somente para outras cidades, e se você está disposto(a) a morar em outra localidade.

2 – Organizar a rotina e definir os horários para estudar
Incluir um projeto como esse requer tempo e dedicação, como se você fosse começar a cursar uma faculdade. Será necessário tempo para assistir às aulas e para sedimentar o estudo. Se você deixar para “o tempo que sobra”, o estudo terá de concorrer com todas as outras atividades da sua vida. Ou, se você dispõe de todo o tempo para estudar, corre o risco de deixar o tempo escoar sem aproveitá-lo. Das duas maneiras, o estudo perderá muito em produtividade e sobrará culpa e angústia.

Assim, o melhor a fazer é organizar a rotina da semana e verificar qual é o tempo possível para o estudo. Já ressalto que não há tempo ideal: há o tempo de que cada pessoa dispõe.

Fazer intervalos durante o dia permite estudar durante mais tempo e com mais qualidade. Assim, reserve 15 minutos de pausa a cada hora e meia ou duas de estudo e um intervalo maior entre turnos de estudo (manhã e tarde; tarde e noite).

Cuide também da sua saúde, porque, a partir de agora, você é um maratonista – e atleta sem saúde não vence prova.

3 – Teoria + exercícios
Há diversas fontes de estudo; são opções excelentes e uma delas será adequada à sua situação.

Mas, não importa o tipo de material que você vai escolher como base, o estudo sempre deverá incluir leitura da teoria, resolução de exercícios para facilitar a compreensão e iniciar a fixação natural dos conteúdos, e elaboração de um bom material para revisões posteriores.

Esse é o processo obrigatório para dar conta de tantas disciplinas ao mesmo tempo e ter todo o conhecimento na memória na hora da prova. A propósito, as matérias devem ser estudadas de forma paralela (começando pelas básicas, conforme comentamos acima) para poder avançar em todas ao mesmo tempo.

4 – Provas anteriores
Concluído o estudo da teoria de cada matéria, é chegado o momento de resolver provas de concursos que já aconteceram. Esta é a melhor forma de se adaptar ao estilo de questões que aparecem nas provas, além de permitir que você perceba se há pontos fracos no seu conhecimento e se há tópicos não estudados.

Cuidado para não utilizar provas muito antigas (o ideal são provas até dois ou três anos atrás), porque os concursos vêm ficando mais sofisticados com o tempo e você pode ficar com uma visão equivocada do que deverá encontrar na sua prova. Além disso, é preciso atenção com disciplinas que possam ter sofrido alterações, o que é muito comum em legislação, mas também acontece em outros casos.

Nessa etapa, a rotina será: revisar o conteúdo a partir do material preparado, fazer provas anteriores da disciplina, ver o gabarito, tirar dúvidas e fazer ajustes no material de revisão (se for o caso); e o processo segue assim, ininterruptamente, para cada matéria cujo estudo da teoria tenha sido finalizado.

5 – Concursos
Essa é a melhor (ou pior?) etapa: começar a participar dos editais que saírem para a área que você escolheu.

É a etapa mais interessante, porque, enquanto estudar sem edital requer muita determinação, estudar com edital publicado é adrenalina na veia, o tempo correndo, é “frio na barriga”…

Por outro lado, reprovações são comuns, e quem não estiver bem preparado emocionalmente pode não resistir à frustração. Mas cada insucesso deve ser visto como mais um passo em direção à vitória. Para isso, é importante verificar o que não funcionou, se faltou aprofundar o estudo, se foi distração ou nervosismo na hora da prova. Estabelecer uma boa estratégia para a resolução das questões ajuda a fazer o tempo trabalhar a favor.

Então, essa etapa consiste em: concursos, reprovações (ou não), descobrir as falhas, seguir estudando, participar de novos concursos… Até passar!

Fonte: G1 - Por Lia Salgado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis