Alavanque os seus estudos!

sábado, 29 de novembro de 2014

TJ/GO abre 57 vagas para juiz substituto

Voltado para profissionais formados em direito, concurso tem as pré-inscrições abertas até dia 10 de dezembro.

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ/GO) vai selecionar 57 profissionais para o cargo de juiz substituto do Estado de Goiás. 

Podem se candidatar ao processo seletivo, profissionais formados no curso superior de direito com o mínimo de três anos de experiência na área jurídica. O salário inicial oferecido para a posição de R$ 21.657,46.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Concurso TJSP: Saíram os locais de prova para escrevente - Exame acontece dia 7 às 13h

As provas objetivas do concurso de escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) serão realizadas no próximo dia 7 de dezembro, às 13h. Os locais já podem ser consultados no site da Fundação Vunesp. Além disso, cartões de convocação serão enviados aos candidatos pelos Correios.

O candidato que não constar na relação de locais de prova deve entrar em contato com o Disque Vunesp. No dia do exame o candidato deve comparecer ao seu respectivo local com no mínimo trinta minutos de antecedência, tendo em mãos um documento com foto, caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis preto nº 2 e borracha. A aplicação será somente na capital e terá cinco horas de duração, encerrando ás 18h.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

TCE/RN terá concurso inédito para cargo de auditor


Seleção depende de alteração na lei orgânica, na assembleia. Para concorrer será necessário possuir curso de nível superior em áreas específicas

Fernando Cezar Alves
Publicado em Quinta-feira, 27 de novembro de 2014

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN) realizará o primeiro concurso público da sua história para o cargo de auditor (substituto de conselheiro). Em sessão plenária realizada no início desta semana, os conselheiros do órgão aprovaram, em sessão plenária, uma proposta de alteração na lei orgânica do TCE, permitindo a realização do certame. O próximo passo é encaminhar um projeto de lei para a Assembleia Legislativa para que, uma vez aprovado, possa ser publicado o edital.

A previsão inicial é de duas vagas e, de acordo com informação obtidas junto ao setor de recursos humanos do órgão, a remuneração inicial da carreira é de R$ 25.260,20.   Para concorrer ao cargo será necessário possuir curso de nível superior nas áreas de ciências contábeis, ciências jurídicas, economia ou administração, além de idade de 35 a 65 anos e dez anos de experiência profissional na respectiva área.

De acordo com o presidente em exercício do órgão, conselheiro Thompson Fernandes, os critérios de seleção deverão ser semelhantes aos exigidos no concurso para a carreira de conselheiro.  

Atribuições – Cabe ao auditor do tribunal de contas substituir os conselheiros em caso de vacâncias, ausências, impedimentos, licenças ou outros afastamentos legais dos respectivos titulares. Neste caso, os auditores evitam que as competências das cortes de contas sejam prejudicadas ou até, sofram solução de continuidade, devido à impossibilidade de atuação do conselheiro titular.

Fonte: Jcconcursos.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Polícia Científica/GO lança editais com 460 vagas

Oportunidades para as carreira de médico legista, perito criminal e auxiliar de autópsia. Inscrições ocorrerão durante o período de 4 a 24 de dezembro.

A Polícia Técnico-Científica do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan), divulgou dois editais de concurso público que, juntos, totalizam 460 oportunidades de níveis fundamental e superior. Do total de vagas, 24 serão destinadas aos candidatos portadores de deficiência.

O primeiro edital apresenta 150 postos para a função de médico legista de 3ª classe, sendo a remuneração inicial de R$ 7.648,67. Para se candidatar à carreira é necessário possuir diploma, devidamente registrado, de graduação em medicina e registro no conselho de classe.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Concurso TJ/RJ: Técnico - saíram gabaritos oficiais das provas!


Saíram os gabaritos preliminares das provas objetivas do concurso para o cargo de técnico judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), aplicadas no último domingo, dia 23. Quem discordar das respostas poderá interpor recurso na terça, 25, e quarta, 26, por meio de formulário, que será disponibilizado no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora. Os candidatos responderam a 30 questões de Língua Portuguesa, 10 de Raciocínio Lógico (Grupo I), 10 de Noções de Direito Administrativo e Constitucional, 15 de Noções de Direito Processual Civil, 15 de Noções de Direito Processual Penal (Grupo II), 10 de Noções de Custas Judiciais e 10 de Consolidação Normativa e Legislação Complementar - Codjerj (Grupo III). Será aprovado quem acertar, no mínimo, 50% do total da prova, ou seja, 50 questões; no mínimo, 40% do total dos Grupos II e III, ou seja, 24 questões; e pelo menos uma questão em cada uma das disciplinas contidas nos três grupos. O resultado sairá no dia 10 de dezembro. Do total de 65.093 inscritos, segundo a assessoria de comunicação da Fundação Getúlio Vargas (FGV), 14.386 não compareceram às provas.

Serviço:


sábado, 22 de novembro de 2014

TCU: edital previsto para dezembro


Seleção contará com 31 oportunidades, sendo 12 para auditores e 19 para técnicos, respectivamente, com níveis médio e superior

Fernando Cezar Alves
Publicado em Sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O Tribunal de Contas da União (TCU) já está com o edital de seu concurso público em fase bastante adiantada de elaboração. Segundo responsáveis pelo setor de recursos humanos, a expectativa é de que o documento possa ser liberado ainda no decorrer de dezembro. Para isto, falta definir a empresa ou fundação organizadora, o que pode ocorrer já nos próximos dias. A escolha já está em fase adiantada e deve ser anunciada muito em breve, assim que concluídas algumas análises técnicas para que possa ser fechado o contrato.

A seleção contará com 31 vagas, sendo 12 para o cargo de auditor federal de controle interno (AUFC), especialidade apoio técnico administrativo (ATA), sendo dez para a área de orientação de tecnologia da informação e duas para orientação de biblioteconomia. As 19 restantes serão para a carreira de técnico federal de controle externo (TEFC), na especialidade de apoio técnico administrativo (ATA), orientação técnica administrativa.


Um ponto pendente é a definição se o edital contará com reserva de vagas para negros e pardos. Embora a vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármem Lúcia, tenha negado segmento ao Mandado de Segurança (MS) 33072, no qual o Instituto de Advocacia Racial e Ambiental pretendia que o STF determinasse reserva de 20% das vagas nos concursos para ingresso nos Poderes Legislativo e Judiciário para negros e pardos, o TCU ainda aguarda um parecer de sua consultoria jurídica se a reserva efetivamente não ocorrerá no concurso. Porém, de acordo com informações do setor de concurso, isto não deve afetar o andamento do certame.

Cargos – Para concorrer a auditor é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área e para os técnicos, ensino médio. No caso de auditor, a remuneração inicial é de R$ 15.322,60, com reajuste previsto para 2015, quando passará a ser de R$ 16.660,27.

Além disso, a carreira conta com 13 padrões de vencimentos, durante o exercício, que garantem melhorias salariais. Desta forma, no  último, em final de carreira, o servidor veterano atualmente recebe R$ 21.962,54, passando para R$ 23.879,88 em 2015.


No caso dos técnicos, o inicial é de R$ 8.844,30, passando para R$ 9.616,42 em 2015. No final da carreira, no padrão 13, a remuneração é de R$ 12.346,57, passando para R$ 13.424,44 em 2015.

As vagas de auditor são somente para o Distrito Federal e as de técnico serão distribuídas da seguinte forma: São Paulo (uma), Distrito Federal (11), Acre (uma), Amazonas (uma), Maranhão (duas), Mato Grosso (uma), Pernambuco (uma) e Roraima (uma).

Último concurso –  A seleção anterior para auditores do TCU ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. As oportunidades foram para a área de auditoria governamental. A prova contou com 100 itens de conhecimentos básicos e 100 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva das duas áreas.

No caso de técnico, o último concurso ocorreu em 2012, na área de auditoria governamental. A organizadora também foi o Cespe/UnB e a seleção também contou com 100 itens de conhecimentos básicos, 100 de conhecimentos específicos e provas discursivas das duas áreas

Matéria atualizada em 21/11 às 15h47

Fonte: Jcconcursos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TRE/MG oferece 19 vagas de técnico judiciário

As oportunidades estão distribuídas na capital e interior do Estado.

Douglas Terenciano
Publicado em Terça-feira, 18 de novembro de 2014

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE/MG) publicou edital de concurso visando ao preenchimento de 19 vagas para o cargo de técnico judiciário, classe A, padrão I. As oportunidades estão distribuídas na capital e interior do Estado.

As colocações são para atuação nas áreas administrativa, contábil e apoio especializado, com exigência de ensino médio e/ou técnico nas especialidades de edificações, contabilidade e de programação de sistemas.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Concurso Dataprev: Empresa prorroga inscrições até quinta, dia 20!


Após publicar retificações no edital de abertura, a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) prorrogou o prazo de inscrições no concurso, que seria encerrado na última segunda feira, dia 17. Os interessados em concorrer a uma das 4.019 vagas em cadastro de reserva podem inscrever-se agora até esta quinta-feira, dia 20.

Os cadastros são aceitos no site do Instituto Quadrix, organizador, e as taxas, de R$50 para o nível médio/técnico e de R$80 para o superior, devem ser pagas até sexta-feira, dia 21. 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

STF: Prazo prescricional para cobrança de valores referentes ao FGTS é de 5 anos

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) atualizou sua jurisprudência para modificar de 30 anos para cinco anos o prazo de prescrição aplicável à cobrança de valores não depositados no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A decisão majoritária foi tomada na sessão desta quinta-feira (13) no julgamento do Recurso Extraordinário com Agravo (ARE) 709212, com repercussão geral reconhecida. Ao analisar o caso, o Supremo declarou a inconstitucionalidade das normas que previam a prescrição trintenária.

No caso dos autos, o recurso foi interposto pelo Banco do Brasil contra acórdão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que reconheceu ser de 30 anos o prazo prescricional relativo à cobrança de valores não depositados do FGTS, em conformidade com a Súmula 362 daquela corte.

Relator

terça-feira, 11 de novembro de 2014

7 dúvidas sobre a melhor forma de estudar para concurso

Quem começa a pensar em concurso público muitas vezes não sabe por onde começar. Hoje há tantos caminhos possíveis e fontes de consulta que o candidato pode ficar confuso. É mesmo necessário entrar num curso preparatório ou apenas o estudo por apostilas é suficiente? O curso online tem a mesma validade do curso presencial? Estudar com colegas é interessante ou atrapalha? Preciso contratar um consultor (coaching) ou posso seguir sozinho?

Em primeiro lugar, não há jeito certo ou errado. O mais importante é o que funciona para cada um. Como as pessoas têm diferentes perfis, diferentes métodos podem ser adequados. Além disso, muitos deles podem ser conjugados, simultaneamente ou em etapas diferentes da preparação, conforme o candidato for ficando mais maduro e autossuficiente. Ou, no caso de uma matéria mais difícil, por exemplo, que pode ser reforçada por um segundo método de estudo.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Aplicativo desenvolvido por servidores otimiza preparação para os tribunais

Para auxiliar os candidatos na preparação para os concursos na área de tribunais dois servidores do judiciário paulista criaram o aplicativo ‘Peso 2 Concursos’, no qual está compilado matérias exigidas nas seleções da área. A ferramenta foca principalmente nos concursos de escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo, e de técnico para os Tribunais de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ) e Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT3). 
 
A ideia foi desenvolvida pelos servidores Alberto Fernandes Filho, do TJ/SP, e Gustavo Nogueira de Sá, do TRT de São Paulo. "Com esta ferramenta esperamos que todas as pessoas, e não somente aquelas que tenham dinheiro para gastar com cursinhos preparatórios, tenham a oportunidade de ter uma vida melhor, do mesmo jeito que um dia nós tivemos", destacou Alberto.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

DPU: Saiu edital para defensor!

Saiu no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, dia 3, o edital para defensor público federal de segunda categoria da Defensoria Pública da União (DPU). São oferecidas 58 vagas, sendo três reservadas a candidatos com deficiência, para bacharéis em Direito, com inscrição na OAB e três anos de atividade jurídica. Os ganhos iniciais são de R$16.489,37.

As inscrições serão aceitas apenas pela internet, no site do Cespe/UnB, organizador, entre as 10h de 17 de novembro e as 23h59 de 8 de dezembro. Para os candidatos que não dispuserem de acesso à internet, a DPU disponibilizará locais com computadores, em endereços por todo o país (listados no edital), entre 17 de novembro e 8 de dezembro, das 8h às 17h (horário local). A taxa de participação é de R$180, paga em qualquer banco, casas lotéricas e nos Correios, até 9 de janeiro.

sábado, 1 de novembro de 2014

Defensor: edital sai nesta segunda, dia 3. Ganhos de R$15.700

Será publicado no Diário Oficial da União (DOU) da próxima segunda-feira, dia 3 de novembro, o edital para defensor da Defensoria Pública da União (DPU). A informação é da Assessoria de Imprensa do órgão e, assim que publicado, poderá ser conferido na FOLHA DIRIGIDA Online. 
 
Com isso, o concurso não sairá juntamente com o da área de apoio, conforme vem sendo noticiado. Este continuará previsto para a primeira quinzena deste mês e a publicação do edital deverá acontecer após a divulgação do extrato do contrato com o Cespe/Unb, que ainda está pendente para esta seleção, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

No concurso para defensor, cujo contrato com o Cespe/UnB foi publicado no DOU do último dia 14 de outubro, serão oferecidas 58 vagas para bacharéis em Direito, com três anos de prática forense. Os ganhos iniciais são de R$15.700. Já a seleção para a área de apoio visa a prover as 61 unidades da DPU distribuídas pelas capitais com destaque para as vagas destinadas a quem tem o nível médio, no cargo de agente administrativo, cujos ganhos são de R$3.191,02.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis