Alavanque os seus estudos!

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

TRT/MG: Tribunal prepara edital para dezembro

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG) está acelerando os preparativos para divulgar o edital do concurso para técnico e analista judiciários até dezembro próximo. A previsão é de que sejam oferecidas oportunidades para os níveis médio, médio/técnico e superior na área escolhida.

De acordo com a assessoria de imprensa do tribunal, após a conclusão do documento, dados mais concretos, tal como quantitativo e áreas a serem contempladas, serão divulgados. A expectativa é de que o certame seja divulgado até dezembro próximo.

A carreira judiciária, que atualmente é uma das mais procuradas pelos concurseiros, além de oferecer estabilidade, uma vez que o regime de contratação é o estatutário, possibilita a conquista de status e de remuneração atraente. Portanto, os interessados no novo concurso já podem iniciar os estudos tendo como base o programa da última seleção.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

STJ: Pensão por morte deve ser paga aos dependentes de segurado até 21 anos de idade

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acolheu pedido de uma estudante maranhense para que ela continue a receber a pensão por morte de seu pai até completar 21 anos, uma vez que é estudante universitária. O colegiado, de forma unânime, seguiu o entendimento do relator do caso, ministro Jorge Mussi.

Em seu voto, o ministro afirmou que “a jurisprudência do STJ se firmou no sentido de que a pensão por morte rege-se pela legislação em vigor na data do falecimento do segurado, em atenção do princípio tempus regit actum” – o tempo rege o ato, ou seja, os atos jurídicos se regem pela lei da época em que ocorreram.

No caso, quando o pai da estudante morreu (4/12/2006), vigia no estado do Maranhão a Lei Complementar 73/04, que dispunha sobre o sistema de seguridade social dos seus servidores e estabelecia que a pensão por morte era devida aos filhos solteiros menores de 18 anos.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Os 5 erros de português mais cometidos em concursos públicos

Dominar gramática, interpretação de textos e redação é fundamental para se garantir em qualquer concurso público.

Por isso, a prova de português não deve ser subestimada por quem acha que já domina a língua, segundo Pollyana Dieine, especialista em concursos e professora do Universo do Concurso. “É um estudo que demanda tempo, atenção e disposição”, alerta.

Além de pressupor que já conhece a matéria, o concurseiro pode pecar pela pressa, de acordo com Verônica Ferreira, professora de Língua Portuguesa do site Questões de Concursos. “É comum que o candidato leia os textos apenas uma vez, e parta para a resposta achando que já entendeu tudo”, afirma.

Veja a seguir alguns dos problemas mais enfrentados por concurseiros em provas de português, segundo a professora Verônica, e como impedir que eles comprometam o seu sucesso:

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

TJ/BA: Saiu o edital para técnico e analista. Inscrições começam dia 29

Foi divulgado o edital do concurso que oferece 200 vagas para o quadro de funcionários do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). As oportunidades estão distribuídas entre os cargos de analista judiciário (107), que exige nível superior dos candidatos, e técnico judiciário (93), cargo de nível médio ou médio/técnico. Todos terão carga horária de 30h semanais e os vencimentos serão de R$3.091,21 e R$5.117,24. Há vagas para portadores de deficiências e o concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

As inscrições terão início na próxima quarta-feira, dia 29 de outubro, e vão até o dia 4 de dezembro. Para se inscrever, os interessados devem acessar o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), preencher o requerimento e efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$68 (técnico judiciário) e R$85 (analista judiciário). Há a possibilidade de isenção para inscritos no Cadastro único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e, para conseguir benefício, os interessados devem informar a condição no ato da inscrição que forem realizadas até o dia 31 de outubro. Os resultados preliminares saem no dia 18 de novembro.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

5 dicas de como se apaixonar pela sua rotina de estudos

A rotina de estudos pode estar presente desde criança em nossas vidas ou até mais tarde quando já somos bem grandinhos. Para fazer um concurso, prestar vestibular, tentar uma seleção de mestrado ou doutorado, em comum podemos afirmar que a preparação e dedicação, em suma, são necessárias para a conquista de uma vaga dentre as opções a cima citadas. E para conseguir a aprovação, entra em jogo algo que para muitas pessoas é chato e difícil de conseguir se adaptar: uma rotina de estudos.

Uma rotina de estudos exige da gente mais que vontade. Precisamos lidar com ela, fazer com que a rotina seja a nossa amiga, que seja um sábado maravilhoso. Eu sei, é muito difícil, mas não é impossível. Passo a seguir algumas dicas que considero pertinentes para vocês se darem super bem com ela, ou melhor, tentar.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Jovem de 22 anos é aprovado em 4 concursos em 3 anos

Com apenas 22 anos de idade, Diogo Machado já conta com grandes resultados na sua breve história na área de concursos públicos. Foram 4 aprovações em apenas 3 anos, de 2012 a 2014, em órgãos como a Polícia Federal, o Ministério Público da União (MPU) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

"O que mais atraiu no setor público foi a remuneração. Com a minha formação atual, de ensino médio, e sem experiência, não existia oportunidade na iniciativa privada que pagasse um salário próximo ao do órgão público. Também pela estabilidade, posso fazer planos e assumir compromissos sem medo da incerteza de estar ou não empregado amanhã", afirma Machado.

Atualmente, ele trabalha como técnico administrativo no MPU, mas continua estudando para alcançar o cargo de seus sonhos, de agente da Polícia Federal. O concurso, que está com inscrições abertas, oferece 600 vagas. O salário é de R$ 7.514,33. Nos seus planos também está a conclusão do curso de tecnologia da informação.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

STF aprova quatro novas súmulas vinculantes

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, nesta quinta-feira (16), quatro Propostas de Súmula Vinculante (PSV) com o objetivo de conferir agilidade processual e evitar o acúmulo de processos sobre questões idênticas e já pacificadas no Tribunal. As propostas aprovadas tratam de gratificação para inativos na carreira da seguridade social e trabalho (PSV 19); continuidade da persecução penal em caso de descumprimento de cláusulas de transação penal (PSV 68); competência da Justiça Federal para julgar crimes de falsificação de documentos expedidos pela Marinha do Brasil (PSV 86), e impossibilidade de o Judiciário aumentar vencimento de servidores públicos sob o argumento de isonomia (PSV 88).

As súmulas vinculantes têm força normativa e devem ser aplicadas pelos demais órgãos do Poder Judiciário e pela administração pública direta e indireta, nas esferas federal, estadual e municipal. Todas as propostas aprovadas tiveram parecer favorável da Procuradoria Geral da República.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

TJ RJ: Órgão Especial considera inconstitucional lei que cria cotas para negros e índios em concursos públicos

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio considerou inconstitucional a Lei Estadual 6.740/2014 que reserva aos negros e índios 20% das vagas em concursos públicos do estado. Por maioria, os desembargadores acompanharam o voto do relator (desembargador Marco Antonio Ibrahim).

A Lei 6.740/2014 alterava outra norma (6.067/2011) que determinava que concursos para cargos efetivos e empregos públicos do Poder Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e do Poder Executivo, além das instituições que compõem a Administração Indireta deveriam criar uma reserva de 20% das vagas para negros e índios. A maioria dos desembargadores entendeu que a matéria continha vício de iniciativa.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

10 dicas para estudar com cartões de fichamento

Utilizar cartões de fichamento é um dos métodos mais antigos e eficientes de estudo. Pode parecer desperdício de tempo, mas passar todas as informações úteis para um cartão funciona como uma espécie de revisão e faz com que você fixe os conteúdos de maneira eficiente. Além disso, os cartões de fichamento funcionam também como uma maneira de encontrar as informações mais rapidamente.

Entretanto, não é só sair anotando as informações em um cartão para dizer que você está fazendo um fichamento. Seus cartões devem incluir todas as informações necessárias para que você responda os principais tópicos a serem abordados na prova, teste ou trabalho que vai realizar. Saiba como montá-los de maneira organizada:

1. Escolha o tipo certo de cartão:

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

150 dicas de Civil - Profa. Jesica Lourenço

Pessoal,
Seguem 150 dicas elaboradas pela Profa. Jesica para uma rápida revisão dos principais pontos da matéria.
Bons estudos!

1. A lei começa a vigorar em todo o país 45 dias depois de oficialmente publicada, salvo disposição em contrário. Porém, se antes de entrar a lei em vigor, ocorrer nova publicação de seu texto para correção, o prazo começará a correr da nova publicação. Lembre, nesse contexto, que as correções a texto de lei já em vigor consideram-se lei nova.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Juízes do Brasil têm direito a auxílio-moradia de até R$ 4,3 mil, decide CNJ

Depois de muitas discussões e articulações, o Conselho Nacional de Justiça decidiu regulamentar o auxílio-moradia dos juízes. Na sessão desta terça-feira (7/10), o plenário do CNJ aprovou uma resolução para garantir o pagamento da verba a todos os juízes que moram em lugares sem imóvel oficial à disposição. A regra segue o mesmo teor exposto em decisão liminar do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal. O teto do benefício será o mesmo do que é pago aos ministros do STF: R$ 4.377.

O pagamento do auxílio-moradia vem sendo motivo de atritos entre o Judiciário e o Executivo. Principalmente por causa do impacto nos cofres da União. A ordem para que os juízes recebem o benefício foi dada em decisão liminar do ministro Fux. Ele atendeu a pedido da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), que reclamava do fato de o Ministério Público e a maioria dos tribunais de Justiça já pagarem o auxílio. Por uma questão de isonomia, pediam que os juízes federais também o recebessem.
 

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Saiu edital para Analista do TJ RJ

O TJ-RJ publicou o edital do concurso para o cargo de Analista Judiciário, pela Banca FGV.

As vagas são distribuídas da seguinte forma:
  • 34 vagas para a especialidade Execução em Mandados
  • 23 para Comissário de Justiça, da Infância, da Juventude e do Idoso
  • 15 para Psicólogo
  • 46 para Assistente Social.
Todos os cargos com remuneração de inicial de R$5.794,26.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Dicas para chegar à aprovação

Em 2013 estão previstas mais de 130.000 vagas em Concursos Públicos. INSS, Banco Central, Banco
do Brasil, Polícia Federal (área de segurança pública em geral), Tribunais Superiores e orgãos ligados aos segmentos de Infraestrutura são os mais cotados, fora todos os concursos Estaduais e Municipais.

Os motivos de tantas vagas vão desde a reposição pura e simples dos aposentados e falecimentos, até a expansão da atuação governamental nas áreas de infraestrutura e logística (portos, aeroportos, rodovias, ferrovias), social (educação, saúde, minorias) e completando com a substituição de terceirizados que tem que ocorrer nos próximos três anos.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Dicas para fazer uma boa prova discursiva

Cada vez mais uma tendência nas provas de concursos públicos, mesmo para cargos de nível médio, as provas discursivas costumam aterrorizar muitos candidatos. Afinal, redigir um texto é muito diferente de marcar a alternativa correta em uma questão de múltipla escolha. Na pior das hipóteses, vale um “chute”, o que não é possível na redação.

Correndo o risco de dizer o óbvio, para escrever bem e corretamente é importante ter o hábito de ler. Mas isso nem sempre faz parte do dia a dia dos candidatos que, ainda assim, precisarão encontrar uma forma rápida de obter um resultado razoável na prova.

Conhecer a grafia das palavras e regras simples de pontuação é requisito necessário para o sucesso da empreitada, mas isso nem sempre é suficiente.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis