Coaching para Concursos e OAB

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Saiu concurso para 474 vagas de analista

Saiu concurso para o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), com oferta de 474 vagas imediatas, além da formação de cadastro, para o cargo de analista judiciário. Há oportunidade em várias áreas de nível superior. A remuneração pode chegar a R$3.879,91, sendo R$3.437,20 de vencimento e R$442,71 de auxílio-alimentação. As vagas estão distribuídas pelas 13 regiões judicários do estado. A validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

O edital foi divulgado na segunda, dia 4 de agosto, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do concurso. As inscrições começam no dia 14 e poderão ser feitas até 8 de setembro, no site da FGV. O valor da taxa é de R$68 para o cargo de analista judiciário - área especializada e de R$63 para analista judiciário - área de apoio judiciário e administrativo e poderá ser pago até 9 de setembro.

Aqueles que forem hipossuficientes e estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão pedir isenção da taxa. O pedido poderá ser feito entre 14 e 17 de agosto, no site da FGV Projetos. O resultado preliminar será divulgado no dia 26 de agosto.

Do total de vagas, 5% são reservadas a portadores de deficiência. Aquels que desejarem concorrer às essas vagas reservada deverão marcar a opção no link de inscrição e enviar o laudo médico (original ou cópia autenticada em cartório) até o dia 9 de setembro, impreterivelmente, via Sedex ou Carta Registrada, para a sede da FGV – Praia de Botafogo, 190 – 6º andar – sala 605 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ, CEP 22250-900.

O concurso será composto por provas objetivas e discurivas. As provas serão realizadas no dia 19 de outubro, das 8 às 12 horas para o cargo de analista judiciário – área de apoio judiciário e administrativo, e das 14 às 18 horas para os demais cargos. Os candidatos que desejarem poderão realizar inscrição para área de apoio e para área especializada já que as prova serão em horários diferentes.

Os candidatos responderão a questões objetivas Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Geo-História de Goiás) haverá ainda questões de Legislação Complementar, a exceção é o cargo de analista área especializada que será cobrado Noções de Direito Constitucional e de Direito Administrativo, ao invés de Legislação Complementar e de Conhecimentos Específicos, além de uma Redação.

Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis