Coaching para Concursos e OAB

segunda-feira, 5 de maio de 2014

TJ/SP: Vice-presidente confirma realização do concurso para o segundo semestre

Com uma oferta de aproximadamente mil vagas o novo edital de escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo será publicado no segundo semestre deste ano. A previsão para a divulgação do documento foi ratificada pelo vice-presidente do órgão, desembargador Eros Piceli, em declaração à FOLHA DIRIGIDA, durante a cerimônia de inauguração da nova sede de atendimento da Defensoria Pública de São Paulo, realizada no último dia 28. “Estamos, esperando o equilíbrio de nossas contas do orçamento, o que, seguramente, acontecerá no primeiro semestre, para que no segundo semestre possamos definir como será realizado o concurso” afirmou.

O desembargador ressaltou a urgência na realização da nova seleção por conta da necessidade de escreventes, que ainda persiste mesmo após a nomeação de um grande número de aprovados no último concurso. “Mesmo com o concurso de 2012 ainda existe carência por este profissional. O primeiro grau da justiça, principalmente, sempre terá uma grande necessidade” destaca. “O escrevente é o nosso soldado; é a nossa mão de obra mais importante” completa.

A necessidade de escreventes se reflete no número de convocações realizadas pelo TJ/SP. Somente na cidade de São Paulo, sede da 1ª Região Administrativa, foram convocados, em um período de apenas nove meses, 1.446 aprovados, de um total de 1.526. A última nomeação para a cidade aconteceu no dia 24 de março. Nas outras nove comarcas da região e também nas outras nove regiões, distribuídas pelo interior do estado, as listas de aprovados também já estão se esgotando.

A intenção do tribunal é contar com um grande número de aprovados para ocupar os postos abertos por conta de aposentadorias, exonerações e saídas de servidores. Desta forma a expectativa é de que, assim como no último concurso, a seleção conte com oportunidades para todas as dez Regiões Administrativas, nas quais está dividido o Tribunal. O órgão já iniciou os estudos para apurar a necessidade de cada região administrativa. “Como o pessoal sai muito e os que são chamados muitas vezes não assumem, a necessidade é grande” afirmou em entrevista recente à FOLHA DIRIGIDA o presidente do TJ-SP, desembargador José Renato Nalini que também reforçou a intenção de realizar o concurso este ano.

Os escreventes técnicos judiciários contam com uma remuneração inicial de R$4.528,31, já inclusos o salário de R$3.658,31, o auxílio saúde de R$100 mensais, além de auxílio alimentação de R$29 por dia e auxílio transporte de R$6 (média de 22 dias). Para concorrer é necessário nível médio completo. O concurso conta com duas fases. A prova objetiva, equivalente à primeira etapa do concurso, possui 80 questões, dividas entre as disciplinas de língua portuguesa, conhecimentos em direito, atualidades, matemática e informática. A segunda fase é composta por prova prática de digitação. No último concurso foram convocados para segunda fase 1.800 candidatos para a capital e 200 nas demais Circunscrições Judiciárias.

A validade do último concurso vai até o dia de 19 de junho. A seleção foi realizada em 2012 contou com uma oferta inicial de 1.035 vagas, todas já preenchidas. O concurso foi destinado a dez regiões administrativas distribuídas por todo estado. Ao todo foram registrados 233.434 inscritos. A organizadora foi a Fundação Vunesp. A expectativa é de que o próximo concurso seja realizado nos mesmos moldes no anterior, no qual a candidato concorria às vagas de sua Região Administrativa.

Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis