Coaching para Concursos e OAB

quarta-feira, 28 de maio de 2014

PRF: Órgão comunica suspensão administrativa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) comunicou a suspensão das demais etapas do concurso para 216 vagas de agente administrativo, cujas provas objetivas foram aplicadas no último domingo, dia 25. A seleção foi suspensa administrativamente até a conclusão da análise conjunta do departamento e da Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça dos documentos recebidos da Funcab, organizadora do concurso, a respeito do incidente ocorrido em um dos locais de prova na cidade de Campo Grande (MS).

A interrupção foi comunicada na noite desta terça-feira, dia 27, data em que estava prevista a divulgação do gabarito da prova objetiva, por meio da página da PRF no Facebook (leia abaixo a íntegra do comunicado). Em seu site, a Funcab informou apenas que a divulgação do gabarito não será realizada nesta terça a pedido da comissão nacional do concurso. Além das provas escritas, a seleção prevê investigação social.

Na noite do último domingo, 25, dia da prova do concurso, a PRF comunicou que cerca de 415 candidatos que fariam as provas no colégio Dom Bosco, na capital sul-mato-grossense, não receberam os cadernos de prova . O departamento informou ter acompanhado a situação no local logo após ter tomado conhecimento do fato, além de ter solicitado à Funcab o relato oficial do ocorrido, estabelecendo prazo de 24 horas para a organizadora se manifestar.

Na manhã da segunda, 26, a fundação informou estar tomando as providências cabíveis e apurando as denúncias e divulgou um comunicado na página do concurso na internet (íntegra abaixo), por meio do qual afirmava que a seleção transcorria normalmente, além de negar que o fato ocorrido na cidade de Campo Grande tenha colocado o concurso em risco. No decorrer do dia, o comunicado foi retificado, estando entre as alterações a retirada da parte final onde era destacado que as condições para a realização das provas foram restabelecidas a tempo. As provas objetivas da seleção foram aplicadas em todas as capitais do país e ao todo eram esperados 259.136 candidatos. O número de faltosos ainda não foi divulgado. O cargo de agente administrativo tem requisito de ensino médio completo e remuneração inicial de R$3.937,77, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. A seleção visa à substituição de terceirizados irregulares.

Apesar de inicialmente localizado, o caso remete a problemas em concursos anteriores da PRF. O mais recente aconteceu na seleção para policial rodoviário federal aberta em 2009. O concurso foi concluída apenas em 2012, após paralisação de mais de dois anos, em decorrência de uma batalha judicial iniciada depois da descoberta de fraude na seleção. Segundo o Ministério Público Federal, houve participação de funcionários da Funrio, que organizou o concurso até a sua interrupção.

Íntegra do comunicado da PRF nesta terça, 27:
“Nesta terça-feira (27/05), a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) protocolou junto à Polícia Rodoviária Federal documentos com informações sobre incidente ocorrido em Campo Grande/MS durante aplicação de provas objetivas do concurso para agente administrativo da PRF.

Estes documentos estão sob análise conjunta da Polícia Rodoviária Federal e Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça e em razão disso todas as outras etapas previstas no edital do concurso estão suspensas até que se tenha posicionamento definitivo.”

Fonte: Folha Dirigida.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis