Coaching para Concursos e OAB

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Fazenda e Receita: como aproveitar o feriadão para estudar?

Enquanto boa parte dos brasileiros está pensando em aproveitar o feriado da Páscoa e de Tiradentes para descansar e devorar chocolates, os concurseiros só pensam em estudar - de preferência, também devorando chocolates!

Os dias de folga prolongados, que começam nesta sexta e só terminam na próxima segunda-feira, são uma espécie de alívio para aqueles que vêm se preparando para os concursos da Receita Federal e Ministério da Fazenda. E, com a proximidade das provas, não dá mesmo para pensar em outra coisa além 'degustar os livros.'

Fernando Bentes, diretor acadêmico do site Questões de Concursos e professor de Direito Constitucional da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, destaca que o feriadão deve ser mesmo dedicado aos estudos. "O feriado é um bom momento porque você não tem nenhum tipo de compromisso com o trabalho e pode aproveitar melhor o tempo. Além do mais, é um momento onde a cidade está mais vazia e tranquila, inclusive em casa, onde as pessoas da sua família viajam deixando o ambiente mais silencioso. Esse é o momento de acelerar os estudos. O candidato também pode focar naquelas matérias mais difíceis e, se ainda tiver dúvidas, recorrer aos livros ou artigos na internet", sugere.

Quando o assunto é a matéria mais importante para o concurso da Receita, cujas provas estão marcadas para os dias 10 e 11 de maio, o professor não hesita em responder. "Direito Tributário é a disciplina mais importante. O candidato que não souber sobre o assunto não passa no concurso", destaca. Para o concurso do Ministério da Fazenda, com avaliações em 27 de abril, a dica segue a mesma vertente: a disciplina merece atenção especial. "Essa disciplina será utilizada no cotidiano do servidor. É bom que ele selecione os principais autores de Direito Tributário e estude. É possível que a banca compare esses autores."

Para aqueles que ainda não elaboraram um plano de estudos, Fernando entrega o 'mapa da mina'! "Minha recomendação tradicional é a alternância: duas horas de estudos teóricos e duas horas de prática. Essa ordem é importante, pois sem a teoria você não consegue aprender e, logo depois, é importante colocar em prática aquilo que você estudou. Aconselho, no entanto, que na semana que antecede a prova, os candidatos se dediquem a praticar o que aprenderam, pois se tiver alguma dúvida em relação ao conteúdo, pode se desesperar. Quanto mais exercícios de provas anteriores o concurseiro fizer, mais vai entender qual o padrão de respostas da banca", aconselha.

Mas, será que é possível aproveitar o feriado entre um estudo e outro? Pode comemorar! É possível sim, de acordo com o professor. "Eu não recomendo mais de oito horas de estudos a ninguém. Depois disso, você perde a concentração, como diversas pesquisas comprovam. Depois de estudar, você pode aproveitar o tempo livre para passear e ficar com a família. Mas, atenção: nada de excessos, para não prejudicar a rotina do dia seguinte", finaliza.

Por: Folha Dirigida
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis