Coaching para Concursos e OAB

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Depoimento do Aprovado: Carla Vanessa (Analista Judiciário do TRT)

Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados??
A Concurseira Dedicada faz por você!!

A nossa entrevistada da semana é Carla Vanessa, aprovada em diversos concursos.

1- Nome
Carla Vanessa Vieira Monteiro Vasconcelos

2- Área de formação
Direito

3- Cargo em que foi aprovado
Analista Judiciário TRT01

4- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso?
Sim, o primeiro concurso que obtive aprovação foi IBGE, logo após passei para os CORREIOS, no cargo de atendente comercial, e a seguir para os seguintes tribunais: TRF1, TRF2, TRT2 e TRT3. Trabalhei um ano e três meses como analista do TRT2 até que pedi exoneração para aguardar minha nomeação no TRT01.

5- Quanto tempo demorou a ser nomeado?
Por volta de um ano após a homologação do concurso do TRT02 e ainda aguardando nomeação no TRT01 que deverá ocorrer no próximo mês.

6- O que sentiu ao saber da aprovação?
Muito alívio e gratidão a Deus por ter me permitido passar em um dos concursos dos meus sonhos. Eu já era analista, mas em outro Estado. Passar pro TRT01 e ter a chance de voltar para a casa foi uma emoção indescritível, só queria agradecer a Deus pela graça de ter recompensado meu esforço.

7- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo?
Sim, sigo estudando para prestar o concurso da Magistratura do Trabalho.

8- Há quanto tempo estudava para concursos?

Aproximadamente dois anos para analista.

9- Quantas horas por dia dedicava aos estudos?
Praticamente o dia todo, pois não trabalhava. Quando assumi no TRT02, passei a estudar, em média, 4 horas por dia e, aproximadamente, de 6 a 8 horas nos finais de semana.

10- Tinha dedicação exclusiva?
A princípio sim, mas quando fui nomeada no TRT02, tive que conciliar trabalho, estudo e academia.

11- Fez planejamento de estudos?
Sim, tinha quantidade de horas e matérias determinadas a serem estudadas por dia.

12- Estudava quantas matérias por dia?
No começo estudava 3 matérias por dia, pois tinha mais tempo e não conseguia ficar 8, 9 horas estudando o mesmo assunto, quando comecei a trabalhar, passei a estudar uma matéria por dia.

13- Fez cursinho? Online ou Presencial?
Fiz cursos online, entre eles CERS, EVP e Ponto dos Concursos e um curso presencial de Português.

14- Fazia turma intensiva ou regular?
Buscava fazer os cursos intensivos para tribunais.

15- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você?

Nunca fiz resumos. Preferia marcar as partes do textos que achava mais importantes e depois voltava relendo somente o que tinha marcado, servia como um resumo pra mim. Mapas mentais foram de grande utilidade.

16- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação?
Acordar às 2 horas da manhã para estudar até antes de ir trabalhar e a falta de tempo por causa do trabalho.

17- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos?
No começo sim. Após a publicação dos gabaritos das provas que não tinha me saído bem eu ficava realmente desanimada, mas no dia seguinte eu já estava estudando para o próximo concurso. Mas após a primeira nomeação vi que era capaz, que passar em concurso não é impossível, e a partir de então passei a estabelecer metas cada vez mais desafiadoras e conseguir resultados cada vez melhores.

18- Chegou a pensar em desistir?
Nunca!!!

19- Tinha o apoio de sua família e amigos?
Tinha total apoio da família e amigos. Minha mãe sempre me ajudou quando não podia comprar livros e pagar cursos e meu marido sempre confiou muito no meu potencial. Sigo estudando para realizar um sonho que além de meu é do meu avô, de ter uma neta Juíza do Trabalho.

20- Costumava sair aos finais de semana?
Não gostava muito de sair, no máximo um cineminha, uma churrascaria. Mas aproveitava as noites de sábado e domingo para relaxar e curtir o marido e a família.

21- Praticava exercícios físicos?
Sim, sempre!! Fazia musculação em média 4x por semana e corridinhas leves, geralmente após o trabalho.

22- Usava as redes sociais no período pós edital?

Não. Nunca tive facebook. Não sou contra quem tem, mas me disperso muito com redes sociais e eu tinha que fazer valer o pouco tempo que tinha para estudar.

23- O que costumava fazer no dia anterior à prova?
Geralmente tirava o dia anterior para relaxar, pois se estudasse ficaria mais angustiada e mais nervosa.

24- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação?
Pela falta de experiência e por não ter amigos já aprovados, cometi vários erros. Comecei estudando por materiais ruins, fracos, até descobrir os melhores cursos, os melhores livros, o que levou um tempo razoável. Estudei por apostilas superficiais, por doutrinas enormes, o que hoje não faria novamente. Se pudesse voltar no tempo, já começaria estudando por livros voltados para concurso público e fazendo os cursos que julguei essenciais para minha aprovação.

25- Deixe um recado aos concurseiros

Uma coisa que sempre falo para os meus amigos que ainda estão na jornada para obtenção do primeiro cargo público é para confiarem em seu potencial. Não tenham medo da concorrência. Não procurem comparações com outros candidatos. Busquem sempre a superação a cada dia. Aproveitem e desfrutem da felicidade que pode ser encontrada no caminho, da satisfação de se descobrir cada dia melhor, cada vez mais perto do seu sonho. Façam o melhor que puderem, o que tiver ao alcance de vocês. Durmam um pouco menos, acordem um pouco mais cedo, sacrifiquem um pouco do seu final de semana, porque no final, vai valer a pena!!!


-> Quer participar da coluna depoimento do aprovado? Deixe nos comentários seu e-mail e cargo em que foi aprovado que entrarei em contato via e-mail! ;)

5 comentários:

  1. Olá, gostaria de trocar email com a Carla Vanessa, também trabalho, estudo e faço academia, e estou com uma enorme dificuldade em conciliar os horários. Gostaria de conversar com vc, e pegar algumas dicas. Se possível, me manda um email (bruna.novaes@2cta.eb.mil.br). OBrigada e parabéns!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Deborah boa tarde! É a primeira vez que comento no seu blog (sou fã!) e gostaria de te agradecer por sempre buscar esses depoimentos de pessoas já aprovadas em concursos públicos - como é bom reler as entrevistas nos nossos momentos de desânimo não é mesmo?

    Se possível, depois da prova do TRT2 desse fim de semana, será que você poderia, por favor, perguntar para a Carla sobre permuta entre TRTs? Ela comentou que prestou a prova do RJ depois de já ter passado em SP, mas não seria possível permutar com alguém de lá?

    Tenho amigos que me disseram que é muito mais fácil "pedir pra voltar pra SP do que pedir pra sair", mas sempre achei essa informação meio lenda urbana rsrs...

    Obrigada pela ajuda e que Deus te abençoe!

    Marcela

    ResponderExcluir
  3. olá Carla,muito obrigada por compartilhar suas dicas,gostaria de saber quais livros vc indicaria para quem sonha em ser analista judiciario do TRT???por favor essa é minha dúvida.Obrigada pela ajuda e que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  4. Carla, muito obrigada pelas dicas! É muito bom ter uma pessoa como referencial e que já superou os desafios de passar num concurso do nível do TRT. No item 13 você falou que fez alguns cursinhos on line como CERS, EPV e Ponto dos Concursos... Eu já fiz CERS para me preparar para OAB e gostei muito! Qual desses cursinhos on line você recomenda mais, tendo como foco o concurso de analista do TRT? Qual você sentiu que deu mais resultados? Obrigada! Sucesso para você!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal. Mais uma história de quem luta por um objetivo e o consegue. Não tenho dúvidas de que é só persistir que se chega lá. Meus parabéns!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis