Coaching para Concursos e OAB

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Cespe/UnB adota nova medida de segurança nas provas

Uma das mais tradicionais bancas organizadoras de concurso público, o Cespe/UnB, traz uma nova medida para a segurança dessas seleções. A instituição estuda constantemente o aperfeiçoamento da aplicação de suas provas e adota mudanças.

A grande alteração, que os concurseiros devem ficar atentos a partir de agora, é a proibição do uso de recipientes plásticos, tais como garrafas de água e de suco, que não sejam fabricados em material transparente.

A banca, além da nova medida, já cumpria outros procedimentos. São eles, a proibição do uso de qualquer aparelho eletrônico e acessórios de chapelaria, entre outros, a prevenção contra a cola eletrônica, na tentativa de interceptar o contato eletrônico entre candidatos e pessoas externas, e a revista magnética, na qual os concorrentes que deixam a sala de provas para ir ao banheiro são revistados por detectores de metais na entrada e na saída dos sanitários.

Além disso, há ainda a desidentificação das provas, com a parte superior da folha de resposta e da folha de texto definitivo, com o nome do candidato, sendo destacada, permanecendo o código de barras e o número de inscrição, garantindo que a banca examinadora não seja capaz de identificar o autor da prova, bem como a digitalização das avaliações, deixando as folhas de respostas e de textos definitivos disponibilizadas na internet no dia do resultado final, e ainda o apoio institucional, mediante o aviso oficial a órgãos de segurança pública e companhias de água e energia sobre a realização das provas, para que apoiem o evento.

O Coordenador de Segurança do Cespe/UnB, Roger Escalante, explica que o empenho e a rigidez são essenciais para garantir a lisura e a isonomia dos processos. “Essas garantias são muito importantes para que o objetivo do Cespe/UnB seja alcançado: o de selecionar os melhores profissionais para os cargos oferecidos na administração pública e em empresas privadas.

Com o investimento na segurança dos processos seletivos, temos mais um mecanismo para garantir que os candidatos mais bem preparados são os que irão obter êxito no exame e não aqueles que, de algum modo, se empenham em burlar as regras”, afirma. Segundo a organizadora, as estratégias que asseguram uma aplicação sem anormalidades envolvem uma série de cuidados adotados antes e após a conclusão das provas. As equipes de coordenadores, chefes e fiscais de sala do Cespe/UnB se preparam baseadas no edital do certame e no roteiro de trabalho para que, no dia de realização das avaliações, permitam uma aplicação tranquila para todos os candidatos.

Fonte: Folha Dirigida
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis