Coaching para Concursos e OAB

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Redação nota 100 - TRT 18 (GO)/2013 - Banca FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa.

Concurseiros, hoje a redação nota 100 vem caprichada. Ao final, a Kelen Borges  (Concurseira Focada - nome utilizado no Facebook) apresentou um pouco da sua rotina de estudos e algumas dicas. =)

A redação foi cobrada no TRT 18 (GO) em 2013, Banca FCC, Cargo: Analista Judiciário - Área Administrativa.

Vamos lá?



Informações apresentadas na prova:


Atenção:
− Deverão ser rigorosamente observados os limites mínimo de 20 linhas e máximo de 30 linhas.
− Conforme Edital do Concurso, será atribuída nota ZERO à Prova Discursiva que for assinada fora do campo de assinatura do candidato,
apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato.
− NÃO é necessária a colocação de Título na Prova Discursiva.
− Em hipótese alguma o rascunho elaborado pelo candidato será considerado na correção da Prova Discursiva.

Asilo político: abrigo concedido por um país ou por sua legação a um estrangeiro perseguido, por motivo político, pelo seu Estado.
(Maria Helena Diniz. Dicionário jurídico universitário. São Paulo: Saraiva, 3. ed., 2011, p. 54)

Pode-se dizer que, desde tempos imemoriais, o asilo político é um direito. O Brasil, país que aceita a concessão de asilo político, passa por muitos questionamentos acerca dos interesses advindos das concessões aos solicitantes. Há casos em que o Estado, de prontidão, se sensibiliza e confere o beneficio. Todavia, em outros casos, o Brasil se nega a conceder ao solicitante o asilo político.
(Adaptado de: http://jus.com.br/revista/texto/14997/concessao-de-asilo-politico-no-brasil)

Considerando o que está transcrito acima, redija um texto dissertativo-argumentativo, posicionando-se a respeito do tema:

A concessão de asilo político no Brasil


(Clique na imagem para ampliá-la)

Depoimento da Concurseira:
"Amigos guerreiros,

Só agora (10 dias após o resultado do TRT GO) consegui me acalmar e sentar pra escrever um pouquinho sobre minha trajetória de estudos. É muita alegria!!! Não conseguia sentar e me concentrar eeheheheheh

Bora então partilhar o que deu e o que não deu certo!

  • ERROS... SE EU PUDESSE VOLTAR NO TEMPO, O QUE EU NÃO FARIA:
> Inicialmente fiz provas para o TRE. Só que eles chamam muito pouco!!! Se queremos tribunal, vale a pena focar no TRT!!!

> Ficar sem praticar exercícios.
Por 3 anos eu não fiz nada! Estava com dores nas pernas, nas costas... achava que eu não podia tirar tempo, que iria perder tempo... engano!!! Precisamos, sim, tirar tempo pra exercitar! Além de ajudar o corpo, ajuda nosso cérebro!

> Achar que era perda de tempo ler sobre histórias de sucesso, sobre técnicas de estudo. 
 Eu achava que tudo que não era matéria do edital era perda de tempo... só que quando estamos desmotivados, ou meio sem direção, precisamos dessa ajuda sim!!!!

> Não ler jornais:  
Como eu já disse, tudo que não estava no edital, não merecia tempo. Que tapada!!!! Então eu não tirava tempo pra ler jornais. Aí eu pergunto: como fazer uma redação sem ler???????? Demorei muito pra conseguir “gastar” tempo lendo jornais (online ou não), mas isso foi decisivo para eu poder redigir minha redação.

  • AGORA INDO PARA A PARTE QUE DEU CERTO!
Estudei 3 anos e 8 meses, fiz provas de 15 concursos. 13 deram errado... 1 estadual deu certo (Defensoria Pública RS) e agora o TRT GO.

Onde eu moro (Três Cachoeiras – RS) não há cursos preparatórios, pois é uma cidade muito pequena (10.000 habitantes). No início, fiz 2 cursos presenciais, mas como eu viajava 1h45min só pra chegar lá, impossível continuar. Foi importante começar no presencial. Depois, iniciei minha maratona online. Fazia TUDO online. Fiz cursos de Porto Alegre. Depois, cursos online.

Rotina:
Em casa, estudava manhã e tarde, horário comercial, de segunda a sábado. No início assistia às vídeo aulas. Com o passar do tempo, comecei a investir mais em questões, pra fixar a matéria. Infelizmente, demorei muito pra conhecer o Questões de Concursos. Sem ele, seria impossível eu ter passado!!!! Esse site é meu segundo amor (o primeiro é o meu marido, Dani eheheeheh)

Então eu dividia o tempo: 1 hora pra essa matéria, 2 horas para aquela outra, talvez 3 horas para uma terceira. Dependia da minha dificuldade. Pegava as matérias no edital e dividia as 8 horas de estudo.

Sobre redação: eis meu calcanhar de Aquiles. Eu tinha medo, me achava incapaz. Tive dor de barriga, de estômago, sono... quando era dia de escrever... relutei por quase 3 anos a fazer aula de redação. Eu achava que poderia passar sem ela... quanto engano!!! Quando caí 800 posições no TRT RJ em jan/2013, eu disse para o meu pai por telefone (ainda no aeroporto): “Pai, ou eu faço um curso de redação e enfrento meus medos, ou não vou passar!”.

Graças a Deus optei por vencer meu medo! Foi um combate. Além de me decidir a escrever uma redação por semana, rezava muito e pedia pra Jesus curar meu medo! Fiz curso com um professor que conheci do presencial, depois umas professoras do meu ensino fundamental me ajudaram, fiz um curso com a Júnia Andrade e, por fim, Deus mandou um anjo: “Eliabe Ferreira”. Achei ele no grupo do Face, oferecendo correção de redação. R$10,00 a primeira redação (para conhecer o trabalho dele) e depois R$40,00 cada correção. Eis o investimento!!! Retorno garantido!!! Ele “abriu” minha cabeça/visão. Eu redigia, ele corrigia, eu reescrevia... 1, 2 ou 3 vezes! Haja fé!

Usei uma tática pra driblar minha indisposição: paguei 1 mês de correção adiantado e marquei dia com ele para o envio. Assim eu não tinha como escapar eheheheheheh

Recursos:
Enquanto eu assistia às aulas, fazia anotações à mão nas aulas (caderno). Isso é muito importante pra memorizar.

Fazia resumo também! E esquemas, bem colorido, e colava pelas paredes da casa! Aí quando eu estava com sono, cansada de estar sentada, eu saía pela casa lendo.

Também gravava a minha leitura dos resumos, pra poder ouvir no celular. Assim, quando eu viajava para provas, ou andava de bicicleta pelas ruas, podia continuar a estudar! www.questoesdeconcursos.com.br Esse é a chave da aprovação!!!!

Acho que era isso: vídeo aula + questões no QC + anotações + revisão das anotações.

Não comprei livros. Apostilas, sim. E lia muito os comentários no QC.
  • Dicas:
> Começar o horário de estudo pela matéria em que temos mais dificuldade. 
Porque nessa hora temos mais energia.

> NUNCA estudar com o Face aberto!!! 
 Eu fiz Face pra mim faz bem pouco tempo. Fui resistente... achei que só ia gastar tempo (lembra? “o que não está no edital não merece tempo”) mas foi importante participar dos grupos!!! Só que eu olhava uma vez durante o dia, e era isso. Ponto final.

> Negociar o horário de estudo com o marido (ou família).  
Se eu estudava no domingo (acontecia quando o edital estava aberto, mas não foram todos os domingos...) eu combinava com o Dani qual seria o horário de estudo. Aí ele se programava, fazia alguma coisa, e depois ficávamos juntos. Eu me sentia bem, porque quando eu estivesse com ele, é porque já tinha alcançado a meta de estudo (seja o tempo mínimo que for!)

> Exercício físico!!!!
 Nos ajuda na motivação! Dá pra caminhar ouvindo as aulas no celular. Eu fiz isso! No meu celular não aparecia a imagem do vídeo, mas o som da voz sim. Aí eu já pegava um sol, exercitava e estudava. Conjugação perfeita!!!

> Determinar a carga horária de estudo diária. 
 Não importa se você trabalha e tem pouco tempo. O mínimo de tempo que seja... programe. Anote. Conte quanto tempo você estuda. Tem até programas pra isso, confesso que não consegui chegar lá. Era uma das metas. Aprender a usar esses programas que organizam o estudo. Por que é tão importante uma carga horária? Porque quando eu atinjo a meta, posso comemorar! Posso fazer alguma coisa pra mim, de lazer, de prazer ehehe, sem me sentir culpada.

Uma vez li o seguinte: “ESTEJA PRESENTE ONDE VOCÊ ESTIVER” e isso me deu uma sacudida! Porque se eu não estava estudando, me sentia culpada. Se eu estava estudando, minha cabeça, frequentemente, viajava, perdia a concentração. Eu estava em outro lugar... então se eu estou estudando: é estudando! Quando eu folgo??? Nem me lembro que sou concurseira.

> Cultivar a fé! 
Alimentar a vida espiritual. Quando comecei a estudar, abri mão de todo o resto, exceto da minha Igreja, do meu grupo de oração. Sou católica fervorosa e creio que minha aprovação é também mão de Jesus! Mesmo para aqueles que não vão a nenhuma igreja, não tem uma religião, é importante acreditar em Deus, que Ele olha por nós, nos ama! Isso também nos ajuda a levantar depois do tombo (que no meu caso foram as 13 provas anteriores).

Para aqueles que perguntaram os números da minha prova do TRT GO:
Técnico:
Errei 1 - conhecimentos específicos
Redação: 85
Classificação: 12

Analista:
Errei:
1 - conhecimentos gerais
2 - conhecimentos específicos (na verdade errei uma a mais, que foi atribuída a todos)
Redação: 100
Classificação: 1"

26 comentários:

  1. Parabéns!!!
    A sua vitória é fator motivacional para que eu continue firme e forte, com muita fé e sem desanimar!!!
    Obrigada por compartilhar a sua experiência.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, será que poderia divulgar o contato desse "Eliabe Ferreira" já procurei e não encontrei nada. Obrigada

      Excluir
    2. Olá Infelizmente tb não tenho o contato e nem consegui falar com a autora do depoimento! =)

      Excluir
    3. Adorei o depoimento. Me emocionei. Kelen, parabéns! Se vir as mensagens, aponte um caminho para acharmos o Eliabe, por favor. Obrigada. :]

      Excluir
  2. Seu site é excelene, mas este post de hoje foi, de longe, o melhor e o mais completo que já li! Parabéns à aprovada e obrigada por compartilharem esse depoimento!

    ResponderExcluir
  3. Meus Parabéns !!
    Mandou muito bem na prova.
    Por favor, me passe o link do grupo do Eliabe Ferreira que corrige redação.
    Obrigado e sucesso.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns!! Felicidades nesta nova conquista.
    Onde posso encontrar o Eliabe Ferreira para correção de redações?
    Obrigada,
    Carine.

    ResponderExcluir
  5. Excelente mensagem! Muito obrigada pelas preciosas dicas.
    Preciso muito do contato desse professor de redação! (Não encontrei no face!)
    Parabéns e sucesso na nova caminhada.

    ResponderExcluir
  6. Kelen Borges - Concurseira Focada6 de novembro de 2013 17:56

    Olá, o contato do Eliabe no Face: https://www.facebook.com/eliabe.ferreira.5?fref=ts

    Fico feliz por minha partilha motivar mais pessoas a continuarem firmes na batalha! Um dia chega a nossa vez, é só não desistir!
    Abraço, Kelen Borges - "Concurseira Focada"

    ResponderExcluir
  7. Parabéééé´nnss!!!!!!! Você é uma vitoriosa e o mais bonito: é uma pessoa que AMA A DEUS!!! e SOUBE ESPERAR SEU MOMENTO COM DEDICAÇÃO E MUITA FÉ!!!!
    Que Deus e a Virgem Maria Santíssima , te abençoe e te proteja!! Que vc e seu marido formem uma linda família feliz e possam colher os frutos de sua dedicação. Um abraço!! Sandra Maria

    ResponderExcluir
  8. Gostei do depoimento, me identifiquei, obrigada por compartilhar sua experiência e dicas.

    ResponderExcluir
  9. Olá Kelen Borges - Concurseira Focada , a poucos dias da aplicação das provas do TRT BA, devo dizer que ler o seu depoimento me trouxe um pouco mais de ânimo.
    Devo confessar tbm que estou com aquele friozinho na barriga em relação a redação, mas são obstáculos que temos que superar. Obrigada, muito obrigada pela sua belas palavras. Obrigada tbm a Concurseira Dedicada por este blog.

    ResponderExcluir
  10. Parabens.quase vespers de provavel e importante ler de album que manteve a fe.

    ResponderExcluir
  11. Quero chegar no ponto que você chegou. Já passe em três. Dois trabalhei e um não fui chamada. Agora não sou mais funcionária pública. Estou me preparando para o TR15, sei que é doficil, porém não impossível. Se eu não consegui este ano, já tenho um projeto montado de estudos contínuos de 4 anos. Algumas dicas que você citou, já estou praticando, tais como: baixei aulas no celular, mp4,(ouvindo durante o meu exercício de caminhada), investi em provas on-line, questões impressas e etc.... Falta entrar em um curso de técnicas de redação. É muito gratificante saber que uma pessoa como você pode dividir a sua história conosco. Prabéns, que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns, obrigada pelo depoimento, isso motiva e muito, nos dá direção e vontade de continuar, pois com perseverança, fé e força de vontade todos podemos conseguir também.

    ResponderExcluir
  13. Gente, entrei em contato com o Eliabe e o mesmo informou que não trabalha mais com correção de redações.
    Aline

    ResponderExcluir
  14. Obrigada por compartilhar a tua trajetória! Parabéns pelo seu esforço e determinação. Eu ando desanimada, mas lendo o seu texto vejo que estou fazendo tudo errado, mas assim como vc, eu não irei desistir; vou tentar mudar.

    ResponderExcluir
  15. Deus abençoe sua caminhada. Seu depoimento me ajudou muito! Grande abraço e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  16. Kelen, muita luz, saúde e paz!!! Seu depoimento ajudou muitos de nós...Fez a diferença!!! Muito obrigada por ter parado para dividir o seu EMPENHO/SUCESSO conosco. Grande abraço, Simone

    ResponderExcluir
  17. Kelen, fiquei emocionada com seu depoimento. Nós almoçamos no mesmo restaurante no dia da prova, você se lembra?? Sou de Goiânia... caso venha morar aqui, se precisar de alguma coisa, conte comigo!! abraço... Que Deus continue iluminando a sua vida e de sua família...

    ResponderExcluir
  18. Sua história nos motiva a permanecer na batalha, pois sofremos das mesmas dúvidas, esses detalhes fazem uma grade diferença. Obrigada por compartilhar sua história conosco. Sucesso!

    ResponderExcluir
  19. Sem comentários. Redação perfeita. Parabéns !!!!!!

    ResponderExcluir
  20. Parabéns, creio que há muita gente no Brasil querendo expressar esse mesmo sentimento seu, e novamente parabéns.

    ResponderExcluir
  21. Parabéns!!!

    Me identifiquei muito com sua história (não a parte de ter passado, ainda rs)
    Também tenho o mesmo pensamento que você tinha - de que tudo que não é edital é perda de tempo.

    Acabo por inúmeras vezes deixando de ler e me informar e isso me atrapalha MUITO na hora de fazer a redação. Tenho exatamente esse mesmo problema.

    Obrigado por abrir minha mente!

    ResponderExcluir
  22. Parabéns!

    Acho importante ler histórias de sucesso, pois ajuda a não desistir. Passei em um concurso nível médio (UFG) e fiquei desmotivada por uns meses, mas estou retornando os estudos e quero muito TRT de preferência Goiás ou AFT; Engraçado que sempre soube quais são meus erros, mas é mesmo complicado enfrentar os medos. Obrigada pelo depoimento e parabéns pelo resultado!

    ResponderExcluir
  23. Márcia Lima de Oliveira5 de setembro de 2016 09:23

    Gostei muito do depoimento da Kelen (minha conterrânea). Também fiz vários concursos, uns passei e outros não e apenas um fui chamada e trabalhei (temporário IBGE no RS). Hoje moro no interior de SP, e assim como muitos concurseiros, estudantes não vou desistir do meu sonho...um dos Tribunais. É importante ver dicas, depoimentos, ter foco e perseguir o objetivo com muito estudo pois é através disso que continuamos motivados e com certeza chegaremos lá.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis