Desafio

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Depoimento do Aprovado - Valquíria Paula.

Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados??
A Concurseira Dedicada faz por você!!
Nossa entrevistada da semana é Valquíria Paula, aprovada no cargo de Técnico do Tribunal de Justiça do RJ.

1- Nome:
Meu nome é Valquíria Paula.

2- Área de formação:
Sou recém formada no curso de Direito.


3- Cargo em que foi aprovado:
Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça do RJ.

4- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso?
Sim, meu primeiro concurso foi nos Correios, onde trabalhei por seis anos, foi meu primeiro emprego. Depois passei em alguns concursos menores de Prefeituras e Câmaras Municipais, mas não tomei posse em nenhum deles. Fui aprovada também no concurso de estagiários para o Ministério Público Federal do RJ, onde fiquei nos últimos dois anos. E agora, além desse do TJ, também fui aprovada no TRF da segunda região e no TRT-RJ (nesses dois, estou na lista de espera).

5- Quanto tempo demorou a ser nomeado?
Demorou um ano e um mês, a convocação veio logo depois da prorrogação de validade do concurso.

6- O que sentiu ao saber da aprovação?
Fiquei muito feliz, mas estava com os pés no chão de que demoraria para ser convocada, por causa da colocação (24ª). Agora, com a nomeação, me sinto realizada, com o sentimento de que vale a pena se dedicar e, às vezes, se sacrificar por um objetivo.

7- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo?
Sim, os estudos fazem parte de todo crescimento. A princípio, vou dar uma descansada e curtir minha nomeação neste cargo, mas em breve vou focar em cargos de nível superior, que contam como prática profissional para os cargos de Promotor e Magistrado, que são meus objetivos a longo prazo.

8- Há quanto tempo estudava para concursos?
Bem, este concurso especificamente, me pegou de surpresa e não deu muito tempo de estudar, mas eu já vinha de uma maratona de estudos há cerca de dois anos focada em concursos da área jurídica.

9- Quantas horas por dia dedicava aos estudos?
Eu estudava cerca de duas a três horas, sempre à noite, quando chegava da faculdade.

10- Tinha dedicação exclusiva?
Não, quem me dera! Rsrs... Eu trabalhava durante o dia e fazia faculdade à noite.

11- Fez planejamento de estudos?
Sim, na medida do possível. Peguei o conteúdo programático no edital e desmembrei. Conforme ia estudando, ticava na lista e passava pra frente. Comecei por Direito Constitucional e Administrativo, que são básicos de qualquer concurso. Depois passei para as matérias específicas, onde me dediquei com mais vontade, pois eram as matérias que valiam mais pontos (deixei essas por último porque queria estar com as informações mais frescas na mente). Confesso que não estudei Português e nem Informática, pois tenho bastante facilidade nessas matérias.

12- Estudava quantas matérias por dia?
Cerca de dois ou três assuntos da mesma matéria por dia (isso dependia da extensão do assunto), não gostava de misturar matérias, principalmente por estudar à noite.

13- Fez cursinho? Online ou Presencial?
Não fiz nenhum cursinho, mas assistia alguns vídeos no You Tube de professores especialistas nas áreas que estava estudando. Esse recurso, com certeza, me ajudou bastante e eu super indico para quem não tem grana para pagar cursinho, como era o meu caso.

14- Fazia turma intensiva ou regular?
Não fiz curso.

15- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você?
Sempre faço resumo do que estudo, e quando dá tempo, releio o que não fixei com segurança. Geralmente levo os resumos até no dia da prova, pois sempre dou a sorte de ler alguma coisa minutos antes de começar e cair exatamente aquilo.

16- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação?
Minha maior dificuldade, com certeza, foi conciliar a vida de concurseira com a de mãe, namorada, serva de Deus, trabalhadora e estudante. Tive que sacrificar alguns passeios com o filho e isso mexia bastante comigo, mas ele entendia que eu estava me preparando para dar uma vida melhor a ele.

17- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos?
Sim, os momentos de desânimo fazem parte da trajetória. Eu tinha algumas estratégias para renovar as forças, e uma delas era dar uma pausa, sair com os amigos, comer besteiras, dar muita risada, esquecer por uma noite dos estudos. Sempre voltava com a “bateria recarregada”. Outra coisa que eu fazia para não perder o foco era espalhar pela casa bilhetinhos e cartazes para mim mesma, com o valor do salário do cargo que eu estava concorrendo. Meu namorado dava risada disso, mas era meu objetivo, neh? Eu precisava manter o foco.

18- Chegou a pensar em desistir?
Não me lembro de ter pensado nisso. Se pensei, foi por apenas cinco minutos, rsrs.

19- Tinha o apoio de sua família e amigos?
Sim, o tempo todo. Agradeço muito a Deus por ter uma família tão presente e carinhosa e por amigos tão compreensivos, que sempre me recebiam de volta mesmo quando eu ficava mais de um mês sem dar notícias.

20- Costumava sair aos finais de semana?
Não em todos os finais de semana, mas aos domingos ia à igreja, e aproveitava os sábados para dar atenção ao filho e ao namorado, geralmente passeando.

21- Praticava exercícios físicos?
Nenhum, rsrrss.

22- Usava as redes sociais no período pós edital?
Usava com menos freqüência, mas sim... principalmente durante o dia, mas quando ia estudar, não abria nenhuma rede social.


23- O que costumava fazer no dia anterior à prova?
Sempre leio as anotações que fiz durante os estudos, principalmente nas matérias que estudei primeiro. Vai que cai alguma coisa que eu já estudei há alguns meses, mas não lembro de algum detalhe? Isso me dá mais segurança e, geralmente, dá certo.

24- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação?
Arrependo-me de não ter investido mais em cursos específicos. Talvez eu tivesse mais chance de ser aprovada direto para o cargo de analista. Fora isso, acho que fiz o que estava ao meu alcance, não me arrependo de nada, não.


25- Deixe um recado aos concurseiros
O que posso dizer é que mantenham o foco. Tem que lembrar que a concorrência é muito grande, e está todo mundo de olho na sua vaga, mas nem todo mundo está se esforçando para isso. Aproveite enquanto todos estão na praia em um final de semana ensolarado, e vá estudar. Eu lembro que no carnaval, postei o seguinte no facebook: “Feriadão prolongado... bora estudar e acertar as questões que muitos vão errar porque agora estão se divertindo”. Acho que esse é o segredo: Sair na frente.


 -> Quer participar da coluna depoimento do aprovado? Deixe nos comentários seu e-mail e cargo em que foi aprovado que entrarei em contato via e-mail! ;) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis