Coaching para Concursos e OAB

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Dicas para chegar à aprovação

Em 2013 estão previstas mais de 130.000 vagas em Concursos Públicos. INSS, Banco Central, Banco
do Brasil, Polícia Federal (área de segurança pública em geral), Tribunais Superiores e orgãos ligados aos segmentos de Infraestrutura são os mais cotados, fora todos os concursos Estaduais e Municipais.

Os motivos de tantas vagas vão desde a reposição pura e simples dos aposentados e falecimentos, até a expansão da atuação governamental nas áreas de infraestrutura e logística (portos, aeroportos, rodovias, ferrovias), social (educação, saúde, minorias) e completando com a substituição de terceirizados que tem que ocorrer nos próximos três anos.
O maior desafio de quem quer ser aprovado em um concurso público não é o número de vagas, o conteúdo abordado e nem tão pouco a complexidade da prova. O maior desafio é como estudar de forma eficiente tantos conteúdos diferentes e, muitas vezes, desconhecidos. Selecionamos as principais dificuldades e preparamos um roteiro simples para você estudar para um concurso público. As orientações abaixo levam em conta o estudo antecipado das disciplinas.

1 – Direção é mais importante que a velocidade
Primeiro você deve saber qual concurso prestar e "colocar os óculos dele". Suponhamos que você deseja o concurso para o Ministério Público. Logo, deve colocar “os óculos de Promotora de Justiça", ou seja, pegar os últimos editais do MP dos estados mais importantes como Minas Gerais e São Paulo (são alguns dos editais mais completos do MP Estadual). Se a delimitação for para seu Estado, deve socorrer do respectivo edital. Todo concurso está apoiado em um Edital com todas as “regras do jogo”. Isso é fundamental. No Edital ainda fica definida a Banca examinadora, onde cada uma tem um estilo próprio de elaborar as questões.

2 – O ritmo é fundamental para planejar sua preparação
Com o edital nas mãos, você terá que reservar pelo menos um ano de preparação, da seguinte forma: Quantas horas de estudo por dia você tem disponível? Suponhamos que sejam 4 horas (o mínimo começa a partir de 4 horas de estudo e vai aumentando, esse é o segredo do sucesso). A sugestão é que você estude sempre duas matérias por dia, duas horas para cada uma de Segunda a Sexta. Use o Sábado e Domingo para revisar. Descanso só depois de aprovado! Lembre-se: Em Concursos Públicos você não estuda para passar, estuda até passar.

3 – Organizando para otimizar o estudo e driblar a preguiça
Organize sua semana de estudo de acordo com as disciplinas que você tem maior intimidade, assim te ajudar a driblar a preguiça e manter sempre alta a motivação. Por exemplo, na segunda-feira, você estudará, das matérias constantes do edital que você tem em mãos, as duas que você mais gosta. Isso porque você vem do Domingo, logo, psicologicamente a tendência é chegar na segunda sem ritmo e com certo desânimo. A partir do momento que você sabe que estudará duas matérias aprazíveis, a tendência é o estudo render.

A partir de Terça-feira até Sexta-feira você deve estudar duas matérias por dia, da seguinte forma:

- a primeira disciplina deve ser aquela que você não gosta muito;
- a segunda disciplina deve ser aquela que você gosta.

Veja que, com isso, haverá um equilíbrio de disciplinas, de forma que aquela que você não gosta você já estudou primeiro e como prêmio, em seguida, estuda a que você gosta.

O estudo em grupo também ajuda muito. Monte seu grupo de amigos e/ou colegas e faça uma programação conjunta. Isso também pode ser bastante produtivo.
Fonte: Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis