Coaching para Concursos e OAB

domingo, 13 de outubro de 2013

Trabalho + faculdade + concursos: como conciliar?

Imagine uma pessoa que trabalha das 08 às 18 horas, durante cinco dias por semana, sem contar o sábado até meio dia e ainda está na faculdade à noite. Imagine que essa mesma pessoa pensando em organizar seu tempo para prestar um concurso público cujo edital está prestes a ser publicado, mas ainda não encontrou a "fórmula do tempo" que lhe dê a motivação necessária.

Analisando essa situação hipoteticamente, e bem de longe, você poderia recomendar que ela faça o óbvio: "estabeleça prioridades", "organize o tempo", "trace metas de curto e médio prazo", "registre suas intenções no papel", etc e tal. Até aí, nada de mais, afinal de contas a gente precisa fazer tudo isso mesmo, mesmo de uma maneira bem nossa, todos os dias, ainda mais tendo uma rotina desse tipo. Mas será que o sistema funciona assim, na prática?
Essa rotina, apesar de ilustrativa aqui, não está fora da realidade, faz parte da vida de muita gente hoje em dia, é mais comum do que possamos imaginar. O difícil mesmo é encontrar uma saída que seja satisfatória para o dilema de conciliar nosso trabalho, com nossos estudos na faculdade e a perspectiva de achar espaço na agenda para estudar minimamente para um concurso público. Não diria que estou tão longe assim do "estilo de vida" ilustrado acima e por isso tenho consciência de que as opções que vou dar podem não ser vistas com bons olhos. Porém, o melhor exemplo às vezes não é aquele idealizado, e sim aquele vivido.

Tenho lido muitos bons conselhos sobre quais os caminhos mais razoáveis para solucionar a equação "trabalho + curso superior + estudos para concursos". Então, tomando como base tudo o que já li/ouvi até agora a este respeito, acredito que possam existir pelo menos duas saídas possíveis:

1. Para conciliar trabalho, estudo e preparação para concursos só mesmo muita força de vontade.
Digo isto porque, de antemão, acredito ser extremamente difícil conciliar trabalho, faculdade e preparação para concurso público, mas sei que muita gente tem demonstrado que a vontade de ser feliz é mesmo mais forte. Mas, convenhamos, quem conhece a rotina de uma graduação e ainda encara a lida diária, sabe que partir para uma terceira linha de ação (estudar para concursos) é uma tarefa que vai requerer mais do que uma radical força de vontade.

No plano das ideias é muito elegante uma trajetória dessas. Chega a ser romântico o fato de que tem gente que vive essa situação e consegue "tirar leite de pedra" até alcançar uma aprovação. É louvável, com certeza. No entanto, na prática, isso vai significar o sacrifício de esmiuçar metodicamente a quantidade de tempo que ainda sobra nas 16 horas produtivas de um dia (excetuando as 8 horas de sono). Portanto, o indivíduo terá que se educar para fazer prodígios como por exemplo:
  • Acordar mais cedo e aproveitar pelo menos uma hora intensiva de estudos antes do trabalho;
  • Aproveitar o horário do almoço no serviço, com pelo menos mais uma hora de estudos;
  • Aproveitar o espaço de tempo que restar nos intervalos de aulas, na chegada em casa vindo da faculdade até o momento de dormir;
  • Aproveitar parte do final de semana para estudar as matérias da graduação e outra parte para as matérias do concurso;
  • Dividir rigorosamente aquilo que é estudo do curso superior daquilo que seja estudo para o concurso almejado e ainda
  • Abrir mão da maioria dos lazeres e prazeres costumeiros.
Ou seja, além da força de vontade (de quem matará um leão por dia), da paciência e da disciplina, o candidato terá que ter muito equilíbrio emocional para não se perder em tantas ocupações - e acabar até estressado! E mais do que isso: ele terá que ter a convicção de que algo vai "passar batido", ou seja, não dará tempo de explorar algumas dificuldades do percurso, da maneira como deveriam ser exploradas.

Portanto, se a pessoa não for tão metódica ao ponto de contar horas, minutos e segundos do seu dia, não deve entrar nessa empreitada. Vai sofrer bastante e o sentimento de incapacidade pode sobrepujar o de heroísmo, embora eu torça pelo contrário.

2. Uma boa alternativa é ficar com duas dentre as três opções.
Não estou dizendo que esta é A MELHOR opção, pois cada um leva a vida no seu ritmo próprio. Estou apenas dizendo - até por experiência própria - que pode ser uma BOA opção. Afinal de contas, alguém reconhecer que não consegue juntar trabalho, com preparação para concursos e com tudo aquilo que envolve os estudos numa graduação, é alguém que está atestando incapacidade?

Lógico que não! Nem perca tempo sofrendo com esse dilema! Faça como muitos, que estão optando ou bem pelo trabalho atual e o concurso, ou bem pela faculdade e o trabalho, ou bem pelo concurso e a faculdade. Ou então faça como essa geração que prefere focar primeiro nos estudos para os concursos (até passar) e depois focar nos vestibulares e pensar no nível superior.

Por mais que os críticos digam que essa gente está desperdiçando talento, atrapalhando a "economia nacional" na verdade ela estão sendo é oportunista - no sentido absolutamente positivo da palavra.

Fonte: Concursos no Brasil - Alberto Vicente

17 comentários:

  1. Muito bom a matéria. Abraço. Blog do Chaddad

    ResponderExcluir
  2. Senti um alívio absurdo em ler esse texto. Atualmente trabalho, estudo, faço inglês e preciso "tirar a preguiça do corpo" (me pergunto se não é cansaço) para correr na academia de manhã (o problema é o tempo no trânsito para chegar no trabalho). Conseguir lidar com tudo isso se dedicando realmente a 2 (trabalho e faculdade) já é dificil, e agora que penso em fazer as provas de Cambridge, a sensação de incapacidade pela dificuldade de tentar acompanhar, só cresce. Importante ter essa visão sua. Não quero me tornar nenhum robô! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue com foco e dedicação que tudo dará certo. Nesses momentos é a determinação que nos mantém na linha e não nos faz desistir!
      Parabéns!!

      abs

      Excluir
  3. Tenho de agradecer por esta brilhante postagem, tbm sofro deste mal.
    Estou me graduando em Direito e apesar de poder aproveitar algo da faculdade em concurso e vice-versa, é bem complicado conciliar o estudo dos dois.
    Faço curso de inglês também, faço estágio e ainda tenho questões familiares a resolver, além de que tenho de começar a fazer minha monografia.
    Estava pensando realmente na hipotese de relaxar nos concursos agora para avançar no futuro e sua postagem foi de grande valia.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Muito bom esse texto e as dicas. Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto!!!
    No meu caso soma-se ao tripé: filho!!!
    KKKK!!! Tem que ser muito insano pra conseguir foco né não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filho direta ou indiretamente é uma opção, que não escolheu vir ao mundo. Dê o melhor para ele vai dar tudo certo.

      Excluir
    2. Parabéns. Vc já consegue conciliar duas qualidades raras de conciliação: beleza e intelecto. Escolheu ótimo caminho.

      Excluir
  6. Nossa que bom que achei um texto que conta sobre a minha rotina, gente do céu isso não é fácil. Boa sorte a todos!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post!!! Vivo essa realidade (trabalho x faculdade x casa x academia = confusão total!! kk) e é muito difícil manter o ânimo e o pique para dar continuidade. Mas é a vida e seguimos matando um leão (as vezes mais de um...kkk) por dia!!
    Parabéns pelo texto e obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o texto. No meu caso me dediquei ao trabalho e concurso, passei em três concursos, hoje trabalho na CEF, entrei para faculdade curso Direito e agora quero outro concurso. Vou reprogramar meu tempo para dar conta dos três, Trabalho, Faculdade e Concurso.

    ResponderExcluir
  9. ABSOLUTAMENTE S E N S A T O o texto! Acredito que é isso que falta à maioria das pessoas: equlibrio, sensatez, calma, planejamento. Nao adianta tentar abracar o mundo. Nem se entupir de tarefas como desculpa para nao fazer nenhuma delas bem feita. Parabens ao autor!!!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Foram dicas valiosas que você mostrou, no meu caso eu estou na espera de um concurso que está demorando quase 2 anos para ser publicado o edital, e o desânimo me fez perder o foco dos estudos VÁRIAS VEZES, e sempre tendo os compromissos da graduação e do trabalho!! As vezes sinto um fracasso por não ter persistência e não estar aproveitando esse tempo para me dedicar mais e mais.
    Sinto, também, uma enorme vontade de recomeçar e recomeço mas surge um contratempo de estudo ou trabalho que me faz voltar no zero.
    O equilíbrio será e é essencial para mim, pois nos momentos de profundo sufoco conseguia estudar e me saía muito bem nos exercícios. Enfim, dedicação sempre!!

    ResponderExcluir
  12. Concurseira Dedicada, adorei o texto, pois estou na preparação para o concurso dos Correios, e também preparando-me para apresentar a monografia, pense numa correria. Esses dias me bateu um desespero para arrumar um emprego, porque concurseiro é visto como vagabundo pelas pessoas, mas logo pensei em conciliar o trabalho+estudo pra apresentar a monografia+preparação para o concurso, pensei até em estudar pra o concurso de madrugada, tentei mas não consegui, realmente é muito cansativo mesmo, decidi apresentar o trabalho monográfico e continuar meus estudos para o concurso, e tenho fé em DEUS que vou conseguir, e mostrar para as pessoas que me chamam de desempregada o futuro de um concurseiro compromissado com um futuro melhor. Muito obrigada pelo texto.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Encontrei o seu blog por acaso e esse seu post me caiu como uma luva. Estou há dias na dúvida se realmente enfrento uma rotina de estudos para concurso, sendo que trabalho, faço curso de inglês e outro personalizante. Além da academia. Fiquei com medo de assumir mais um compromisso achando que tava louca, Mas lendo seu texto me dei conta que não é impossível. Pois com organização tudo é possível. Parabéns pelo blog! Com certeza visitarei ele mais vezes. Um abração!

    ResponderExcluir
  14. Muito bom o seu blog , agradeço a sua iniciativa de montar o blog e dividir sua história em meio a essa correria diária, muitas das vezes achamos que somente nós temos problemas e aqui vemos que muitos partilham das mesmas aflições e isso é bom , saber que existem outros na nossa situação .No meu caso eu "optei " por trabalho e faculdade , pois o resto de tempo que me sobra eu durmo e perco no trânsito, o ideal seria trabalhar morar e estudar no mesmo lugar , porém isso é um sonho. Agora deixo a dica para aqueles que possuem o apoio financeiro e moral da família que arrisquem seus sonhos , pois estes podem voar mais alto do que a maioria que não arrisca para não perder a sua zona de conforto que muita das vezes é um strabalho maçante na qual sem ele seria pior. Desejo muita força e motivação a todos , caminhem devagar e sempre e assim vocês vencerão , e o mais importante , tenham sempre bem definido o foco de vocês para não se perderem ao longo do caminho e desistirem diante dos problemas .
    Ass : Jonathan Vieira de Melo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis