Coaching para Concursos e OAB

terça-feira, 9 de abril de 2013

Depoimento do Aprovado - Priscila Oliveira


Sabe aquelas perguntas que você estava doido para fazer aos concurseiros aprovados?? A Concurseira Dedicada faz por você!!
Nossa 1a entrevistada é Priscila Oliveira, aprovada no concurso da PFN 2012/2013 (dentro do número de vagas).

1- Nome:
Priscila Matos Oliveira

2- Cargo em que foi aprovado
Procurador da Fazenda Nacional

3- Já havia sido aprovado anteriormente? Em que concurso?
Fui aprovada no concurso da Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, para o cargo de Advogado. Tomei posse e estou em exercício no mencionado cargo.

4- Quanto tempo demorou a ser nomeado?
O concurso da PFN ainda não foi homologado. Portanto, não tenho previsão concreta de nomeação.

5- O que sentiu ao saber da aprovação?
A notícia da aprovação é como um peso tirado das costas, um alívio surpreendente. Confesso que ainda estou sem acreditar, meu primeiro dia de trabalho como Procuradora será bem revelador do que conquistei.

6- Pretende continuar estudando para concursos? Para qual cargo?
Minha vida de concurseira está encerrada. Sempre almejei o cargo de Procurador da Fazenda Nacional.

7- Há quanto tempo estudava para concursos?
Colei grau na faculdade no início de 2011. Comecei a fazer cursinho preparatório e confesso que durante o primeiro ano de estudos (2011) me sentia perdida quanto à forma de estudar, não achava que os estudos rendiam. O ano de 2012 foi realmente um divisor de águas, foquei totalmente no concurso pretendido. Assim, foram cerca de 02 anos de estudos.

8- Quantas horas por dia dedicava aos estudos?
Inicialmente eu estudava em torno de 05 horas por dia, tendo em vista que eu fazia cursinho pela manhã e trabalhava num escritório de advocacia pela tarde. O momento em que eu realmente sentava para estudar era o período da noite.

9- Tinha dedicação exclusiva?
No início eu trabalhava e estudava. Mas quando eu me dei conta da proximidade e possibilidade de publicação do edital da PFN, larguei o trabalho no escritório e me dediquei exclusivamente aos estudos.

10- Fez planejamento de estudos?
Sim. Sempre achei essencial um planejamento de estudos. A quantidade de matérias e assuntos cobrados nos diversos concursos da área jurídica é enorme, assim, planejar acaba se tornando essencial para o alcance do maior número de informações necessárias para a realização de uma prova.

11- Estudava quantas matérias por dia?
Eu estudava cerca de três matérias por dia, sempre tentando compatibilizar matérias semelhantes. Por exemplo, estudava em um mesmo dia matérias pertencentes ao ramo do Direito Público.

12- Fez cursinho? Online ou Presencial?
Fiz cursinho online.

13- Fazia turma intensiva ou regular?
Fiz curso regular (duração de 01 ano) e um intensivo específico para as carreiras da AGU.

14- Estudava por mapas mentais ou resumos? Eram elaborados por você?
Nunca gostei de mapas mentais, não se adapta ao mesmo modo de assimilação. Costumava fazer resumos dos principais assuntos pertinentes à carreira almejada.

15- Qual foi sua maior dificuldade durante o período de preparação?
Minha maior dificuldade durante a preparação foi lidar com a ansiedade, o medo da derrota, e a renúncia a tantas coisas que me faziam bem, como viagens com a família, saídas com os amigos, etc.

16- Passou por períodos de desânimo? Se sim, o que fazia para retomar os estudos?
Passei por diversos períodos de desânimo, mas as pessoas ao meu redor nunca permitiram que eu desistisse. Sempre que eu sentia fraqueza eu corria para a família, para amigos, buscando auxílio.

17- Chegou a pensar em desistir?
Nunca pensei em desistir.

18- Tinha o apoio de sua família e amigos?
Tive apoio da família e amigos durante toda a minha preparação. Sempre digo que sem eles minha aprovação não teria ocorrido.

19- Costumava sair aos finais de semana?
Sim, eu sempre tirava alguns dias para relaxar, esfriar a cabeça. Evitava sair e perder noite, beber, etc. Mas nunca me permiti ficar “trancada” em casa, pois minha saúde mental era fundamental.

20- Praticava exercícios físicos?
Durante um bom tempo eu pratiquei exercícios, mas quando o edital foi publicado eu não queria “perder” tempo com nada, e acabei deixando de lado todas as atividades.

21- Usava as mídias sociais no período pós edital? Sim, era uma das minhas válvulas de escape, meu momento lúdico rs. Fora que eu também utilizava as mídias sociais para conversar com professores, como por exemplo o Professor Marcello Leal, que foi um importante parceiro na minha preparação. Eu sempre acompanhava a sua página no facebook pois havia esclarecimentos diários acerca de inúmeros assuntos de Direito Tributário e Financeiro. Deixo aqui o meu agradecimento a ele.

22- O que costumava fazer no dia anterior à prova?
No dia anterior à prova eu deixava tudo de lado e relaxava. Difícil era controlar a ansiedade.

23- Arrepende-se de algo que fez ou deixou de fazer durante sua preparação?
Arrependo-me de não ter treinado mais para a prova oral.

24- Deixe um recado aos concurseiros
O recado que deixo aqui é bastante simples: Não desistam. Todo o sacrifício de uma preparação para o concurso almejado é compensado com a alegria da vitória. Não é fácil deixar tantas coisas de lado para se dedicar a um projeto ambicioso, mas pensem que tudo dará certo, e que o esforço será recompensado. Foco no objetivo, força nos estudos, determinação, sigam em frente.


Quer participar da coluna depoimento do aprovado? Deixe nos comentários seu e-mail e cargo em que foi aprovado que entrarei em contato via e-mail! ;) 

2 comentários:

  1. Excelente postagem! É uma forma de nos motivar a nunca desistir :)

    ResponderExcluir
  2. Há possibilidades de sabermos onde você fez o curso preparatório?

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Ajude seus amigos concurseiros, divulgue o blog. =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis